PremiumNorfin estima investir 750 milhões de euros em projetos até 2027

Deste valor, 700 milhões serão direccionados para a promoção de construção nova, nomeadamente, 350 milhões para a área residencial, 200 milhões para o segmento de escritórios, 100 milhões de euros para o sector da hotelaria e 50 milhões de euros em retalho.

A Norfin vai investir nos próximos cinco anos 750 milhões de euros em projetos sob a sua gestão, avançou ao Jornal Económico Pedro Salema Garção, Portfolio Management Director da empresa.

O objetivo prioritário é o trazer mais construção nova para o mercado a imobiliário, referiu.

Desta verba, a sociedade gestora de ativos e fundos de investimento irá direccionar 350 milhões de euros para a área residencial, 200 milhões para o segmento de escritórios, 100 milhões para o sector da hotelaria e 50 milhões de euros para o mercado de retalho, acrescentando ainda mais 50 milhões de euros de investimento previsto para os ativos em exploração, num ‘bolo’ total de 750 milhões de euros.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Ford desce preços do modelo Mustang Mach-E

A fabricante norte-americana junta-se à Tesla na redução de preços de modelos de automóveis elétricos.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta segunda-feira.

Disparo nos preços do petróleo duplica lucros do mercado global de matérias-primas

Entre 2018 e 2021, os lucros do mercado global de commodities passaram de 27 para 54 mil milhões de dólares e a volatilidade acrescida nos mercados de petróleo e gás após a invasão russa da Ucrânia devem ter agravado esta tendência, projeta a McKinsey.
Comentários