Norte-americanos, britânicos e alemães são os que mais compram casas de luxo em Portugal

Compradores da Bélgica, Brasil e França também estão a investir em Portugal.

A Portugal Sotheby’s Realty registou um crescimento homólogo de quase 70% entre janeiro e maio de 2022, anunciou esta sexta-feira a marca de imobiliário residencial de luxo, anunciando “os seus melhores cinco meses de sempre”.

A marca viu a sua faturação crescer 66% nos cinco primeiros meses deste ano, comprovando a “tendência de crescimento sustentado dos seus resultados”, sublinha o grupo em comunicado, dando conta ainda de um “aumento de 47% do número de transações realizadas nos primeiros cinco meses deste ano, face ao período homólogo”-

Miguel Poisson, CEO da Portugal Sotheby’s Realty, explica que “os números alcançados em 2021 e nos primeiros cinco meses deste ano são bastante significativos e refletem não só a recuperação económica, que tinha sido fortemente penalizada pela pandemia, mas sobretudo a robustez do mercado imobiliário de luxo, no qual a Portugal Sotheby’s Realty é uma referência”.

Por nacionalidade, os clientes que mais compraram imóveis na Portugal Sotheby’s Realty entre janeiro e maio são dos Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Bélgica, Brasil e França.

“Entre janeiro e dezembro do ano passado, a marca registou um crescimento de 66% da sua faturação, com dezembro a ser o seu melhor mês de sempre. A marca de imobiliário residencial de luxo reforçou ainda em 2021 a sua presença no mercado nacional com a inauguração de mais um escritório no Porto, localizado na Baixa”, é possível ler no comunicado enviado hoje à imprensa.

“Com a retoma da atividade económica, o retorno do investimento e a melhoria dos indicadores do turismo, é expectável um desempenho positivo do mercado imobiliário este ano”, disse ainda o mesmo responsável.

No ano passado, a marca atingiu números recorde e alcançou o seu melhor ano de sempre, com um crescimento sustentado cima dos 60%.

“O ano passado fica marcado pelo crescimento sustentado e pelo forte dinamismo da nossa marca e das nossas equipas, tanto a nível nacional como a nível internacional”, sublinhou Miguel Poisson.

Recomendadas

Eficiência energética na linha da frente para reduzir dependência de Putin

Governo e empresas analisam o atual momento da eficiência energética. Defendem que chegou a altura de Portugal e a Europa acelerarem para desligar a ficha de Moscovo e do regime de Vladimir Putin. Sector energético português está comprometido com metas.

Wimbledon: João Sousa e o australiano Jordan Thompson afastados em pares

O tenista português João Sousa e o australiano Jordan Thompson foram hoje eliminados na segunda ronda de pares de Wimbledon.

Itália alerta para subida de preço da energia por fecho do Nord Stream

O ministro da Transição Ecológica italiano, Roberto Cingolani, alertou hoje que se espera um novo aumento do preço da energia em Itália depois de a Rússia anunciar o fecho do gasoduto Nord Stream para manutenção, adiantou a EFE.
Comentários