PremiumNova Expressão quer Inapa a acelerar plano estratégico

Pedro Baltazar, que reforçou para 10% da Inapa, diz que redução da dívida é crucial e defende uma maior aposta nas embalagens. Depois do lucro de 16 milhões no semestre, seria “bom” fechar o ano com EBITDA acima de 75 milhões.

A Nova Expressão acabou de reforçar a sua participação acionista para 10% na Inapa – Investimentos, Participações e Gestão. O reforço pela sociedade detida por Pedro Baltazar teve lugar depois de a Inapa ter registado lucros de 16 milhões de euros no primeiro semestre, que contrastam com os prejuízos em período homólogo.

“Os resultados foram muito bons, se não forem apenas pontuais. Acho que poderão continuar até ao fim do ano”, afirmou, apontando que um bom resultado este ano seria ter um “EBITDA sempre superior a 75 milhões de euros”.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

TAP: Sindicato acusa empresa de preferir “pagar para ver” efeitos da greve

Na moção votada na assembleia-geral de associados, o SNPVAC considera que “a TAP preferiu ‘pagar para ver’ os efeitos da greve, ao invés de repor aos tripulantes aquilo que unilateralmente lhes retirou”.

Bloom permite investir em bolsa a partir dos 13 anos 

Destinada a adolescentes, a app da Bloom permite abrir uma conta de investimentos em poucos minutos, associando os pais ou um tutor à conta.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.
Comentários