Nova SBE no ‘top’ 15 de escolas com os melhores mestrados em gestão do mundo (com áudio)

A Nova SBE é a primeira escola portuguesa a chegar ao ‘top’ 15 mundial do ranking de mestrados em gestão do Financial Times. “É possível, em Portugal, ser-se excelente e atingir o mais elevado reconhecimento internacional. Uma dimensão fundamental é a disponibilidade para arriscar”, destaca o Dean da Nova SBE, Daniel Traça, ao JE.

O mestrado internacional em Gestão da Nova School of Business and Economics (Nova SBE) sobe ao ‘top’ 15 mundial do ranking do Financial Times, onde ocupa agora oito posições. Este resultado faz da faculdade a primeira e, à data, a única escola portuguesa no ‘top’ 15, com dois mestrados a integrar as prestigiadas listas: Finanças e Gestão.

O Ranking Masters in Management 2022 do Financial Times trata de avaliar e listar os 100 melhores mestrados em gestão do mundo, contemplando, ao todo, 17 indicadores para classificar a qualidade tanto do mestrado como da escolas em três dimensões centrais. São elas o progresso de carreira dos graduados, a diversidade da própria escola e o grau de investigação e experiência internacional. A Nova SBE ocupa agora o 15.º lugar desta lista, subindo oito posições na classificação.

Por sua vez, o mestrado internacional em Finanças alcança a 11.ª posição mundial no seu ranking e a 9.ª na categoria Europeia, no mês de junho.

A subida, nota a faculdade num comunicado enviado, cimenta a posição da Nova SBE  no ‘top’ mundial, sendo que o Financial Times se refere a este como um “grupo de escolas que pontuam acima da média”.

Ao Jornal Económico (JE), o Dean da Nova SBE, Daniel Traça, diz que o sucesso “é fruto de uma visão estratégica ambiciosa que começou a tomar forma há mais de 10 anos” e que foi fundamental para chegar a este resultado “a ambição e confiança de que é possível, em Portugal, ser-se excelente e atingir o mais elevado reconhecimento internacional. Uma dimensão fundamental é a disponibilidade para arriscar”, salienta,

Mudam-se os tempos, mudam-se os MBA. Quais serão as prioridades das escolas de gestão?

Mas não basta isso, ressalva. É preciso “trabalhar todos os dias para executar, atraindo os melhores alunos da Europa, dando uma formação não só rigorosa, mas também muito aplicada, através de professores recrutados pelo mundo fora e assegurando a excelência do serviço e uma empregabilidade nas melhores empresas da Europa”, explica ao JE.

“Mais do que a estratégia, este é o resultado da cultura da Nova SBE: a cultura que anima docentes e não docentes a darem sempre um pouco mais em prol dos nossos alunos e da nossa escola. É a eles que se deve dedicar este e outros resultados que a Nova SBE tem obtido”, sublinha Daniel Traça

O responsável pela faculdade não esconde que o resultado e a posição alcançados colocam “ainda mais exigência”.

“Para o futuro queremos ser geradores de um impacto maior e mais transformador, através dos nossos graduados e das nossas ideias”, garante, e continua: “Maior porque vamos continuar a crescer em dimensão, em reputação e em visibilidade. Mais transformador porque temos consciência dos tempos difíceis que se vivem no mundo e da necessidade de transformação das nossas instituições, e assumimos plenamente a responsabilidade que temos nessa transformação, como escola de topo que forma muitos dos jovens que vão liderar o mundo”, remata.

Daniel Traça refere ainda que este mês, a faculdade recebe 1.700 alunos que irão frequentar os mestrados disponíveis, vindos de todos os cantos do mundo onde, reforça, os graduados da Nova SBE estão “agregados em clubes e mantêm com a Escola uma relação permanente, nos diversos continentes”.

Desde o último ano no campus de Campolide, em 2018, a Nova SBE notou uma subida acentuada de mais de 50 posições nos três rankings do Financial Times: o Mestrado em Gestão subiu 15 lugares, passando da 30.ª posição para a 15.ª, o Mestrado em Finanças subiu 8 lugares, passando da 19.ª posição para a 11.ª e a Formação de Executivos subiu 28 lugares, passando da 50.ª posição para a 22.ª.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira, 28 de setembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quarta-feira.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira, 27 de setembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta terça-feira.

Fenprof estima que haja mais de 100 mil alunos sem aulas

A Fenprof estima que haja mais de 100 mil alunos sem todos os professores atribuídos, um problema que afeta escolas de todo o país e que se poderá agravar nos próximos tempos.
Comentários