Novo Banco vende participação do BES Vénétie

Participação de 87,5% do Novo Banco foi esta sexta-feira vendida ao fundo Cerberus. A garantia foi dada através de um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Rafael Marchante/Reuters

O Novo Banco confirmou a venda da participação no francês BES Vénétie de 87,5% ao fundo Cerberus, esta sexta-feira, através de um comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

“No seguimento do comunicado de 15 de Junho de 2018 e nos termos e para efeitos do previsto no artigo 248º – A do Código de Valores Mobiliários, o NOVO BANCO informa que concretizou a venda da participação de 87,5% por si detida do capital social do Banque Espírito Santo et de la Vénétie, S.A. e ativos diretamente relacionados à Promontoria MMB SAS, sociedade constituída em França e subsidiária da Cerberus Capital Management, L.P.”, refere o comunicado.

O Novo banco liderado por António Ramalho salienta que a conclusão desta transação terá um impacto positivo estimado de 30 pontos base no rácio de capital Common Equity Tier 1 do Novo Banco.

“Esta transação representa mais um importante passo no processo de desinvestimento de ativos não estratégicos do Novo Banco, prosseguindo este a sua estratégia de foco no negócio bancário ibérico”, indica o comunicado.

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários