Novo boneco de Trump no Walt Disney World é alvo de críticas e chacota

A Walt Disney World anunciou ontem que o presidente Donald Trump passou a figurar na Sala dos Presidentes – uma atração baseada em bonecos robotizados dos presidentes norte-americanos – do seu parque de diversões em Orlando, Florida. Mas o boneco de Trump está a ser alvo de polémica, devido ao seu aspecto “horripilante”, descreve o “Business Insider”. […]

A Walt Disney World anunciou ontem que o presidente Donald Trump passou a figurar na Sala dos Presidentes – uma atração baseada em bonecos robotizados dos presidentes norte-americanos – do seu parque de diversões em Orlando, Florida. Mas o boneco de Trump está a ser alvo de polémica, devido ao seu aspecto “horripilante”, descreve o “Business Insider”.

Tal como os restantes presidentes desde Bill Clinton, o boneco de Trump tem uma linha de diálogo pré-gravada. A revelação das primeiras imagens do boneco, porém, suscitaram muitas críticas e também chacota em torno das respetivas feições ou expressões faciais. Nas redes sociais também se comenta a impressão de que os bonecos dos outros presidentes parecem estar incomodados ou relutantes quanto à presença de Trump na Sala dos Presidentes do Walt Disney World.

Relacionadas

Aquecimento global deixa de ser ameaça à segurança dos EUA, decide Trump

Documento de Estratégia de Segurança Nacional vai ser apresentado esta segunda-feira e, ao contrário do anterior, não define o combate ao aquecimento global como “uma prioridade de segurança nacional”.

EUA ajudaram a evitar ataque bombista na Rússia, dizem Kremlin e Casa Branca

Segundo as autoridades russas, o alerta do governo norte-americano permitiu que as agências de segurança do país prendessem os suspeitos antes destes levarem os seus planos a cabo.

Trump vai nomear China e Rússia como “competidores”

A nova Estratégia de Segurança Nacional dos EUA, a ser apresentada esta segunda-feira por Trump, vê estes dois países como potências que procuram alterar o equilíbrio de poder global no sentido prejudicial aos interesses americanos.

Norte-americanos consideram que Trump não cumpriu promessas eleitorais

Uma sondagem divulgada pelo Independent indica que apenas 23% dos eleitores nos EUA acredita que o presidente está a cumprir as promessas que fez durante a campanha.

Wall Street em queda apesar do negócio da Disney e 21st Century Fox

Algumas divergências de Republicanos face ao texto final da reforma fiscal deixaram os investidores nervosos. Nem o negócio da Disney salvou Wall Street.

Disney está prestes a comprar parte da 21st Century Fox

O negócio está avaliado em cerca de 60 mil milhões de euros (cerca de 51 mil milhões de euros) e compreende os ativos de entretenimento do grupo de comunicação social norte-americano.
Recomendadas

“Angola representa uma oportunidade para os nossos acionistas”, afirma CEO do Access Bank

O banco nigeriano Access Bank garantiu 51% das ações da Montepio Holding, materializando a sua intenção de comprar o Finibanco Angola com uma participação de controlo, uma operação que Herbert Wigwe, CEO da Access Holding Pics, justifica com a determinação do grupo em aproveitar oportunidades fora daquele país localizado no Golfo da Guiné. 

Líder da Fretilin propõe relação mais económica entre Portugal e Timor-Leste

Em entrevista à Lusa em Lisboa, Mari Alkatiri explicou que esse tem sido o tema das conversas com políticos portugueses, entre os quais o Presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, defendendo uma relação multilateral do quadro da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Ucrânia: Putin promulga tratados de anexação de quatro regiões ucranianas

No início desta semana, os tratados de anexação dos quatro territórios à Rússia também receberam aprovação das duas câmaras do Parlamento russo.
Comentários