Novo contrato de Bruno Fernandes coloca-o no top 3 dos mais bem pagos do clube

Apesar de a forma do jogador de 27 anos ter caído esta temporada, é considerado pelo United como uma parte central do seu futuro, independentemente de quem assumir o cargo de treinador.

Bruno Fernandes (90 milhões de euros)

Bruno Fernandes assinou um novo contrato com o Manchester United que fará com que o médio português seja um dos três jogadores mais bem pagos do clube. De acordo com o “The Guardian”, toda a parte burocrática do processo de renovação do contrato do médio do United até 2027 já está pronta e o clube prepara-se para anunciar a novidade. As conversações começaram em julho e há duas semanas chegaram a acordo.

Bruno Fernandes, que saiu do Sporting em janeiro de 2020, tinha na altura assinado um contrato de cinco anos e meio, com a opção de prolongar por mais um ano. Este novo acordo acrescenta mais uma época ao contrato e aumenta substancialmente o salário do jogador.

Apesar de a forma do jogador de 27 anos ter caído esta temporada, é considerado pelo United como uma parte central do seu futuro, independentemente de quem assumir o cargo de treinador.

Bruno Fernandes marcou os dois golos de Portugal na terça-feira, ao bater a Macedónia do Norte para garantir a qualificação para o Mundial do Qatar. Até à data, fez 49 golos em 117 jogos pelo clube inglês.

Recomendadas

Portugal goleia França por 8-2 e lidera Liga Europeia de futebol de praia

A seleção portuguesa de futebol de praia goleou hoje a congénere francesa, por 8-2, na segunda jornada do grupo A da Liga Europeia da especialidade.

Wimbledon: Nadal bate Sonego e apura-se para os oitavos de final

O tenista espanhol Rafael Nadal, número quatro mundial e recordista de ‘Grand Slams’, apurou-se hoje para os oitavos de final de Wimbledon, o terceiro ‘major’ da temporada, ao eliminar o italiano Lorenzo Sonego em três ‘sets’.

Félix da Costa foi segundo em Marraquexe na Fórmula E

O piloto português António Félix da Costa (DS Techeetah) foi hoje segundo classificado na 10.ª prova do Mundial de Fórmula E, para carros elétricos, disputada em Marraquexe, Marrocos.
Comentários