Novo Governo de Costa entra com o pé esquerdo na relação com Belém ao irritar Marcelo

O Presidente não gostou de ficar a saber da composição do novo executivo pela comunicação social.

TIAGO PETINGA/LUSA

O novo Governo entrou com o pé esquerdo na relação com o Palácio de Belém ao irritar Marcelo Rebelo de Sousa devido ao vazamento da lista dos ministros do novo Governo na comunicação social.

“Disseram-me que já saiu uma lista na comunicação social. Devo dizer que não ouvi a lista que saiu na TV”, começou por dizer Marcelo Rebelo de Sousa à “SIC Notícias” à saída de Belém para uma cerimónia a assinalar o início das comemorações dos 50 anos da revolução do 25 de abril, que vai ter lugar em 2024.

“No caso da lista ser correta té facilita a minha vida, porque a sessão [solene] é longa e depois da sessão o concerto, e o senhor primeiro-ministro vai para a Europa”, afirmou.

“Está feita, está feita [a lista]. Se aquilo na comunicação social estiver confirmado, dispensa-se uma audiência. Pelos vistos, fiquei a saber pela comunicação social [dos nomes dos ministros do novo Governo]”, acrescentou o Presidente da República.

Por sua vez, o primeiro-ministro rejeitou alongar-se nos comentários aos comentários do Presidente. Questionado pelos jornalistas em Lisboa na sessão solene do 25 de abril, se compreendia a irritação de Marcelo, Costa disse: “Isso é natural”.

A audiência no Palácio de Belém, onde o primeiro-ministro iria entregar a lista ao Presidente, foi assim cancelada. António Costa encontrou-se depois às 20 horas, como planeado, com os deputados do PS para lhes apresentar a lista do novo Governo.

Relacionadas

Novo Governo vai ter dez caras novas, mas menos independentes

O XXIII Governo constitucional terá 17 ministros e 38 secretários de Estado e tem posse prevista para 30 de março, depois de serem investidos os deputados na nova Assembleia da República.
Recomendadas

AML recomenda à câmara redução da velocidade de circulação permitida na cidade

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou hoje uma recomendação para que a câmara operacionalize o programa “A Rua é Sua”, com a eliminação parcial do trânsito automóvel aos domingos, e a redução da velocidade de circulação permitida na cidade.

Eutanásia: Bancada do PSD voltará a dar liberdade de voto aos deputados

Os deputados do PSD vão voltar a ter liberdade de voto no diploma que pretende despenalizar a morte medicamente assistida, disse à Lusa fonte social-democrata.

Município de Leiria favorável à desagregação de duas uniões de freguesias

O Município de Leiria deu hoje pareceres favoráveis, por unanimidade, à desagregação das uniões de freguesias de Monte Redondo e Carreira, e Souto da Carpalhosa e Ortigosa.
Comentários