Novos limites da pesca da sardinha variam entre 1.575 e 4.725 quilogramas

Para as embarcações com comprimento superior a nove metros e inferior ou igual 16 metros o limite é 3.150 quilos (150 cabazes, quando aplicável).

A pesca da sardinha tem desde hoje novos limites diários de captura que variam entre 1.575 quilogramas, para os barcos mais pequenos, e os 4.725 quilogramas, para os barcos maiores, determinou a Direção Geral dos Recursos Marítimos (DGRM).

A Direção Geral dos Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) divulgou no seu ‘site’ o despacho n.º 37/DG/2021 que altera os limites diários de captura de sardinha a partir das 00:00 de hoje, passando as embarcações com comprimento de fora a fora inferior ou igual a nove metros a poder pescar 1.575 quilos de sardinha (70 cabazes, quando aplicável).

Para as embarcações com comprimento superior a nove metros e inferior ou igual 16 metros o limite é 3.150 quilos (150 cabazes, quando aplicável).

As embarcações com mais de 16 metros têm como limite os 4.725 quilos (210 cabazes).

De acordo com o mesmo despacho, nos limites indicados pode ser incluído um máximo de 630 quilos (28 cabazes) de sardinha, calibrada como T4, independentemente da existência de outras classes e tamanhos.

Um despacho de maio deste ano prevê que, por despacho da DGRM, possam ser alterados os limites diários das descargas de sardinha em função das necessidades de gestão da pescaria e da evolução dos dados recolhidos, desde que ouvida a Comissão de Acompanhamento da Sardinha.

Os novos limites à captura da sardinha foram decididos depois de uma reunião da Comissão de Acompanhamento, no dia 16.

Recomendadas

Oceanos. Presidente da República destaca papel pioneiro de Portugal nas renováveis

“No caso de Portugal, fomos pioneiros em muitos campos, como as renováveis. Quando começámos a substituir outras formas de energia alguns disseram éramos tolos, não éramos, agora queremos antecipar as metas internacionais”.

DGRM vai promover venda de 743 quilos de alabote congelado que foi apreendido

Para participar da venda, cujo valor mínimo é de 2.125 euros, pressupõe-se a prévia aceitação das condições estipuladas e envio de proposta até ao dia 13 de maio de 2022.

Marcelo elogia Cavaco e aponta Conferência dos Oceanos como “oportunidade única”

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou esta segunda-feira o seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva, considerando que deu “projeção cimeira ao mar”, e apontou a Conferência dos Oceanos como uma “oportunidade única” para Portugal.
Comentários