Novos óculos de realidade aumentada da Google fazem tradução em tempo real (com vídeo)

Os óculos não se limitam a traduzir uma conversa entre pessoas de diferentes nacionalidades e, consequentemente, a falarem diferentes idiomas, mas também foram projetados para ajudar pessoas com deficiências auditivas.

Anunciados durante a conferência ‘Google I/O’, os novos óculos de realidade aumentada (RA) da gigante norte-americana vão chegar ao mercado com uma função potencialmente revolucionária: tradução em tempo real.

Os óculos não se limitam a traduzir uma conversa entre pessoas de diferentes nacionalidades e, consequentemente, a falarem diferentes idiomas, mas também foram projetados para ajudar pessoas com deficiências auditivas. A empresa utilizou a sua experiência com o Google Translate, juntamente com a tecnologia AR, para conseguir um produto que, apesar de ser apenas um protótipo, possa “revolucionar o mundo”.

A conferência Google I/O é sempre um dos pontos altos do ano da tecnológica de Silicon Valley, onde são apresentadas todas as novas ferramentas e funções que a empresa pretende estender aos seus serviços e dispositivos e, posteriormente, introduzir no mercado. Destacam-se os avanços em tecnologias ligadas à Inteligência Artificial (IA) e à RA.

“[O nosso objetivo é] dar às pessoas a capacidade de comunicarem com qualquer pessoa, independentemente do idioma ou de qualquer outra barreira de comunicação”, explicou Eddie Chung, diretor do projeto, durante o vídeo de apresentação.

Ainda assim, é importante sublinhar que as imagens disponibilizadas pela Google durante o vídeo de apresentação são apenas um conceito e que quando os óculos de tradução instantânea chegarem ao mercado, tanto a armação como a forma como exibem o texto traduzido podem ser diferentes.

Recomendadas

Altri dá 25 ações da GreenVolt por cada 100 títulos e 24 cêntimos em dinheiro

A Altri fez uma retificação em baixa ao valor que pagará em numerário. “Adicionalmente à distribuição em espécie, serão distribuídos aos acionistas da Altri dividendos em numerário ilíquido por ação de 0,24 euros”, diz em comunicado.

Farminveste SGPS emite 3 milhões de obrigações convertíveis

Durante a operação, que termina a 1 de julho, serão emitidas para compra e/ou troca até três milhões de obrigações, com o custo unitário de cinco euros, sendo as mesmas remuneradas a um juro anual de 4,75%.

Acionistas da Novabase aprovam redução de capital para 33 milhões para cobrir prejuízos

Os acionistas da Novabase aprovaram a redução do capital da tecnológica de 54,6 milhões de euros para perto de 33 milhões de euros, para cobrir prejuízos e libertar excesso de capital, de acordo com um comunicado enviado ao mercado.
Comentários