Número de crianças e jovens nos sistemas de acolhimento desceu 29% desde 2012 (com áudio)

A informação foi transmitida por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal durante o VI Fórum Abrigo, que conta com “O Jornal Económico”, “Novo” e revista “Forbes” como media partners e decorre esta quarta-feira, 23 de novembro, no Cinema-Teatro Joaquim de Almeida, no Montijo.

O número de crianças e jovens abrangidos pelo sistema de acolhimento registou uma descida de 29% nos últimos dez anos, afirmou Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, durante o VI Fórum Abrigo, que conta com “O Jornal Económico”, “Novo” e revista “Forbes” como media partners e decorre esta quarta-feira, 23 de novembro, no Cinema-Teatro Joaquim de Almeida, no Montijo.

Na sua intervenção, a governante salientou que esta redução demonstra que tem existido uma capacidade do próprio sistema em garantir que há um trabalho feito para com as famílias de risco em Portugal.

“Mas o caminho que percorremos ainda é lento do ponto de vista de mudar o que tem de ser mudado. A nossa principal preocupação é a de garantir que qualquer criança ou jovem tem direito a uma família”, referiu.

Para que tal possa ser feito, Ana Mendes Godinho, alertou que é preciso garantir que ao nível da prevenção existe uma capacidade de trabalhar com essas próprias famílias, “para que as situações de perigo sejam detetadas e não cheguem a acontecer”.

Uma das medidas defendidas pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de Portugal, é a gratuitidade das creches.

“Pode ser uma das medidas mais transformadoras para qualquer ciclo de pobreza”, sublinhou, acrescentando que para 2023 o objetivo é chegar às 70 mil crianças com creche gratuita, número que deseja aumentar para cerca de 100 mil em 2024.

Recomendadas

Associação dos municípios aprova acordo para descentralização na ação social

Com este acordo, “no próximo ano, a transferência de competências tornar-se-á universal”, segundo a ANMP.

Adjudicados últimos seis lotes do concurso para fornecimento de serviços à rede SIRESP

O concurso para fornecimento de serviços à rede de emergência SIRESP foi concluído na segunda-feira, antes do prazo, com a adjudicação dos restantes seis lotes, anunciou hoje a empresa que gere o sistema.

MyCloma Fest XMAS Edition regressa este fim-semana ao Porto

Fundada por quatro jovens em 2020, a MyCloma é uma plataforma portuguesa de compra e venda de roupa em segunda mão, uma aposta num modelo de economia circular, que visa combater o desperdício têxtil enquanto que ajuda a prolongar o ciclo de utilização dos bens. 
Comentários