Número de passageiros transportados atinge 56 milhões em Lisboa em novembro

Quase 56 milhões de passageiros foram transportados em novembro na Área Metropolitana de Lisboa (AML), representando um aumento de 17,9% nas validações de bilhetes, face a igual mês de 2018, segundo dados provisórios da AML hoje divulgados.

Transtejo

Os 56 milhões de passageiros transportados refletem a venda de 764.095 passes, o que, segundo afirma a AML em comunicado, confirma que a criação dos novos passes NAVEGANTE, em abril deste ano, “representou uma profunda alteração das soluções de deslocação, em favor de uma mobilidade mais sustentável, e com significativo impacto” económico e social nas famílias.

A AML registou, no entanto, uma diminuição de 10,1% nos passageiros relativamente ao mês anterior, de outubro, que justifica com o menor número de dias úteis do mês de novembro, com feriado durante a semana, e com as interrupções letivas em algumas escolas.

Os dados mostram ainda que, em novembro, 88% dos passageiros transportados utilizaram títulos do tipo passe, e apenas 12% títulos ocasionais.

Do número total de passes vendidos na área metropolitana de Lisboa, 94% eram Navegante: 60% Metropolitano, 17% Municipal, 14% para passageiros com mais de 65 anos e 6% para família.

Segundo a AML, em novembro, foram vendidos 764.095 passes, mais 36,3% do que em igual período de 2018.

Os novos passes Navegante representaram 97% dos passes vendidos na área metropolitana de Lisboa, nesse mês, e corresponderam a mais de metade (60%) dessas vendas, seguidos do Navegante Municipal, com 17%, e do +65 (mais de 65 anos) com 14%.

O Navegante Família, que começou a ser vendido em agosto, representou em novembro mais de 3% das vendas do sistema, segundo a AML , abrangendo um total de 7.068 agregados familiares e 26.728 pessoas.

Relativamente aos cartões Lisboa VIVA (suporte físico necessário para o carregamento dos passes NAVEGANTE) produzidos, a AML registou um aumento de 43% em novembro, em comparação com período homólogo de 2018.

O balanço do ano da AMNL contabiliza, até novembro, o transporte de quase 562 milhões de passageiros nos serviços de transporte público dentro da área metropolitana de Lisboa este ano.

A AML lembra, no comunicado, que, no primeiro trimestre de 2019, o número de passageiros transportados registou um crescimento médio de 5%, em relação ao período homólogo do ano anterior.

“A fidelização ao sistema de transportes é agora maior, resultado de um aumento do número de passageiros com passe, em detrimento de passageiros ocasionais, tendência que se começou a registar após a implementação do novo sistema tarifário, e que se mantém”, afirmou.

Recomendadas

Duzentos trabalhadores dos Transportes de Coimbra manifestam-se contra eventual internalização

Cerca de 200 trabalhadores dos Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) concentraram-se hoje na antiga Igreja do Convento São Francisco, naquela cidade, onde vai decorrer uma sessão da Assembleia Municipal, na qual será votada a internalização daquele serviço.

Presidência da República enviou há um mês denúncia à PGR envolvendo José Ornelas

A Presidência da República informou hoje que “enviou à Procuradoria-Geral da República (PGR), no dia 06 de setembro, uma denúncia envolvendo, nomeadamente, D. José Ornelas”, sem especificar em que consiste essa denúncia.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.
Comentários