PremiumNuno Amado: Limites às comissões vão “favorecer” bancos estrangeiros

Restrições à cobrança de comissões não se justificam porque o mercado é competitivo e colocam os bancos sediados em Portugal em desvantagem face aos concorrentes estrangeiros, diz Nuno Amado, ‘chairman’ do Millennium BCP.

O chairman do Millennium BCP está preocupado quanto às consequências das propostas que deram entrada no Parlamento para limitar as comissões cobradas pelos bancos, que representam cerca de um terço das suas receitas.

O que pensa das medidas propostas pelos partidos?
O BCP oferece pacotes que incluem um conjunto de serviços que têm um conjunto de benefícios. E os serviços e benefícios são reais. São tangíveis e estamos em concorrência. Portanto, se estamos em concorrência temos uma determinada estratégia de aproximação e há sempre a possibilidade de os concorrentes – CGD, Novo Banco, Santander, Bankinter, Montepio, CTT, entre outros – poderem competir connosco. Ao contrário do que muitas vezes se diz, a concorrência no setor bancário é muito forte. Portanto, aqui temos uma estratégia muito clara e transparente: cada serviço deve ter direito a uma comissão e cada prestação de serviços tem o seu valor justo, umas vezes com um valor que pode parecer alto porque as pessoas não se apercebem dos riscos e do trabalho que está por trás.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários