PremiumNuno Ribeiro da Silva sai de CEO e fica como advisor da Endesa

O gestor vai sair na primeira metade de 2023 por ter atingido o limite de idade e está envolvido na escolha do sucessor.

É conhecido pelo seu estilo frontal e por não ter papas na língua: criticou publicamente secretários de Estado, deputados e partidos. Esteve envolvido numa das maiores polémicas do verão passado que motivou um despacho de António Costa para vigiar de perto as faturas da energética. A sua voz é muito respeitada no sector e por quem governa a pasta da energia.

E transformou a Endesa Portugal numa empresa mais verde, com a companhia a passar de uma produtora a partir de gás e carvão para ter um pé assente nas energias renováveis e de olhos no hidrogénio verde.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Investimento na floresta com evolução positiva mas insuficiente

O investimento na floresta teve em 2021 uma evolução “ligeiramente positiva” mas insuficiente para alcançar as metas definidas para o setor, indica um barómetro divulgado pelas associações Zero e Centro Pinus.

‘Metrobus’ do Porto: obras arrancam durante a semana

O projeto do ‘metrobus’ do Porto, entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, vai ser apresentado na segunda-feira, devendo as obras começar ainda durante a próxima semana.

Stanton Chase Portugal reforça com novo diretor executivo

José Bancaleiro, sócio fundador, que desempenhava a função agora ocupada por Nuno Moreira, mantém-se na empresa de executive search como partner e presidente.
Comentários