Nuno Russo: “Temos de apostar numa agricultura alicerçada na investigação e na inovação”

O secretário de Estado fez questão de lembrar a Parceria Europeia de Inovação para a Competitividade e Sustentabilidade da Agricultura (PEI-AGRI).

O secretário de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Nuno Russo, esteve na cerimónia de entrega do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola. Uma iniciativa que vai já na 6.ª edição e premeia todos aqueles que fazem do empreendedorismo e da inovação dois princípios basilares para o seu trabalho.

“Dois princípios que também nós, na agricultura, queremos manter presentes na realização de um trabalho com os olhos postos no futuro, mas que começa no presente e agora”, começou por dizer o membro do governo durante a sua intervenção, avançando que os Centros de Competência são um dos “motores” para afirmar “um dos nossos grandes objectivos: a construção partilhada de conhecimento e o alinhamento estratégico das actividades, através da definição de uma agenda de investigação e inovação. É de salientar esta vontade e esta capacidade de empresas, produtores e entidades ligadas à investigação se agregaram e unirem esforços, numa parceria tendo em vista a inovação”.

Pode continuar a ler o artigo e conhecer os vencedores do Prémio Empreendedorismo e Inovação Crédito Agrícola aqui.

Recomendadas

Confederações agrícolas unem-se contra extinção das direções regionais do sector

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, AJAP, CAP, CNA e Confagri referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.

Novo regulamento para a descarbonização do transporte marítimo já entrou em vigor

As alterações em causa, que visam a prevenção da poluição atmosférica por navios, dizem respeito ao Anexo VI da Convenção Internacional para a Prevenção da Poluição por Navio (MARPOL). Medidas entraram em vigor no dia 1 de novembro.

Expo Fish regressa a Portugal na próxima semana para promover as atividades ligadas ao mar

Está confirmada a presença de pelo menos 75 empresas, provenientes de 37 mercados internacionais. Foram solicitadas mais de 175 reuniões, segundo informa a organização em comunicado.
Comentários