PremiumO coração de rei que atravessou o oceano numa urna dourada

O coração de Dom Pedro IV (I do Brasil) atravessou o oceano Atlântico de noite, guardado numa urna dourada. Parece o início de um conto de encantar, mas é história e diplomacia. A viagem do órgão, transportado em ambiente pressurizado e realizada a pedido do governo brasileiro, destinou-se a que o coração do primeiro imperador do Brasil, filho de D. João VI e de D. Carlota Joaquina, esteja exposto nas comemorações do bicentenário da independência do país sul-americano, que se comemora a 7 de setembro.

O coração de Dom Pedro IV (I do Brasil) atravessou o oceano Atlântico de noite, guardado numa urna dourada. Parece o início de um conto de encantar, mas é história e diplomacia. A viagem do órgão, transportado em ambiente pressurizado e realizada a pedido do governo brasileiro, destinou-se a que o coração do primeiro imperador do Brasil, filho de D. João VI e de D. Carlota Joaquina, esteja exposto nas comemorações do bicentenário da independência do país sul-americano, que se comemora a 7 de setembro.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

TERRA, dá-lhe as boas-vindas

A Trienal levanta várias questões sobre os recursos de que dispomos e o que fazemos com eles, através de quatro tópicos: Retroactivar, Ciclos, Multiplicidade e Visionárias.

Prémio Nobel da Literatura atribuído à escritora francesa Annie Ernaux

A Academia Sueca galardoou a autora pela “coragem e acuidade clínica com que descortina as raízes, os estranhamentos e os constrangimentos coletivos da memória pessoal”.

Exposição no Museu da Marinha celebra a amizade entre Alberto I do Mónaco e Dom Carlos I

No âmbito das comemorações do centenário do desaparecimento do Príncipe Alberto I do Mónaco, o Museu de Marinha de Lisboa irá acolher uma exposição organizada pelo Comité Albert Ier – 2022. Estará patente ao público a partir de dia 15. A inauguração, na véspera, conta com a presença do atual Príncipe do Mónaco, Alberto II.
Comentários