O Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP-ULisboa) forma profissionais da Administração Pública há 112 anos

Anuncia, no site da Universidade de Lisboa, que essa formação deve ter como objetivo a preparação para “desempenhar ética, eficaz e eficientemente funções conformes à sua área vocacional, como também responder a novas oportunidades e desafios, na consciência de que a única constante é a mudança”. Sabemos que esta é uma área de ensino e investigação imensa, muito representativa da atividade do Instituto, em termos de especialização dos seus docentes e investigadores e de diferenciação de oferta.

A complementaridade entre a oferta conducente a grau do ISCSP e a oferta educativa do seu Instituto de Estudos Pós-graduados, ISCSP-IEPG, atende à necessidade diferenciada de formação sentida pelos públicos para os quais trabalhamos e construímos oferta educativa. A interação Universidade – Administração Pública gera a adequação da formação oferecida aos profissionais que estão no terreno e àqueles que pretendem estudar e desenvolver o conhecimento nesta área e os seus desafios. Articuladamente, a formação conducente a grau (Mestrado e Doutoramento) e a Formação Pós-graduada (providenciada pelo ISCSP-IEPG) respondem aos apelos que o exercício de funções públicas, exigente e evolutivo, unido ao cumprimento das boas práticas e ética que norteiam o serviço público, reclamam. Numa Escola como o ISCSP, com linhas de ação claras, pode observar-se tanto a fertilização cruzada entre prática e pesquisa, como a perspetiva diversificadora da formação para diferentes grupos.

O ISCSP-IEPG, na decorrência da capacidade de propositura dos seus docentes e também no trabalho conjunto feito com parceiros, tem vindo a acrescentar propostas de formação relevantes e necessárias aos funcionários e dirigentes públicos que requerem formação complementar para responder aos desafios que lhes são colocados por legislação nova, processos melhorados e consequentes práticas e competências que têm que ser adquiridas ou melhoradas. Bastará olhar a oferta nesta área e apreciar os cursos que cumprem nova edição neste ano letivo de 2018-2019 e os que já iniciaram atividade em anos passados:

Administração e Gestão da Saúde – 4.ª Edição

Contabilidade e Gestão Pública – 3.ª Edição

Administração e Gestão Financeira Pública – 2.ª Edição

Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade – 2.ª Edição

Administração de Políticas e Gestão da Mobilidade Urbana – 1.ª Edição

Planeamento Cultural Urbano e Regional – 1.ª Edição

Turismo e Desenvolvimento Local – 1.ª Edição

A oferta com maior longevidade é a de Administração e Gestão da Saúde, este ano na sua 4.ª Edição, que tem vindo a cumprir importantes objetivos: providenciar formação a quadros vários nesta área de atividade; certificar esta formação para médicos, através do seu reconhecimento, pela Ordem dos Médicos, para cumprimento dos requisitos exigidos no Ponto 3 dos critérios de admissão na Competência em Gestão dos Serviços de Saúde desta Ordem; contribuir para a disseminação de boas práticas e para o contacto com atores relevantes no domínio da Saúde, através de Seminários e Conferências com convidados distintos. A Coordenação Científica, a cargo de um médico e gestor de saúde de reconhecido mérito, o Professor Dr. Rui Miranda Julião, e a Coordenação Executiva por um dos primeiros doutorados em Administração de Saúde pelo ISCSP, o Professor Doutor Alexandre Morais Nunes, atesta a capacidade de conjugação entre o saber feito no Instituto e o recrutamento de individualidades reconhecidas na área em causa.

A PG em Contabilidade e Gestão Pública, este ano na sua 3.ª Edição, associa o saber fazer de duas instituições de ensino superior de Lisboa, o Instituto Superior de Contabilidade e Administração e o ISCSP-IEPG, através da iniciativa conjunta de duas docentes provenientes das duas instituições: as Professoras Doutoras Paula Gomes dos Santos e Ana Lúcia Romão. ‘Qualificar para a Gestão na Administração Pública’, foi o slogan escolhido pelas Coordenadoras, e as dezenas de profissionais já formados atestam a aplicabilidade dos conhecimentos adquiridos pelos participantes.

Administração e Gestão Financeira Pública, oferta inovadora em 2017-2018, segue este ano para a 2.ª Edição. Proposta e desenhada pelo Coordenador da Unidade de Administração Pública do ISCSP, Professor Catedrático João Ricardo Catarino, assessorado pelo Coordenador Executivo, o Professor Auxiliar Convidado Ricardo Morais Soares, é uma PG com propósitos expressos, entre outros, de “conhecer o contexto, os processos e os instrumentos de supervisão económica e das Finanças Públicas ao nível da União Europeia; saber aplicar as normas de contabilidade pública que integram os diferentes subsistemas contabilísticos”. O saber fazer decorre ainda da experiência do seu Coordenador e elementos do corpo docente, que desempenham cargos relevantes no setor.

Alice Trindade, Diretora do Instituto de Estudos Pós-graduados do ISCSP-ULisboa

O Instituto tem desenvolvido nos últimos anos atividade de ensino, formação e investigação na área de outro curso de pós graduação: Desenvolvimento Regional e Sustentabilidade que avança para a 2.ª Edição. Coordenada pelo Professor Doutor Paulo Castro Seixas, que dirige a Unidade de Administração Pública e Políticas de Território e pelo Professor Doutor Miguel Pereira Lopes, responsável pela Unidade de Recursos Humanos, esta formação conjuga os saberes e práticas de dois âmbitos científicos e profissionais que se complementam, com o objetivo de formar profissionais que respondam às exigências desta área da Administração Pública. A aquisição das competências necessárias para profissionais que estejam envolvidos em atividades que promovam desenvolvimento equilibrado territorialmente e sustentável são os objetivos desta formação.

Neste novo ano letivo contamos ainda, com as proposituras de três novas formação: Administração de Políticas e Gestão da Mobilidade Urbana, Planeamento Cultural Urbano e Regional, e Turismo e Desenvolvimento Local. Sempre com o foco nos saberes e competências exigidos pelos desenvolvimentos nas áreas respetivas de administração de políticas públicas e práticas de administração em contextos que variam entre transportes e mobilidade, cultura e turismo, desafios colocados a um país que vê anualmente aumentar o número de turistas que nos visitam, movimentam e procuram oferta cultural, estas novas apostas serão acarinhadas pelo ISCSP-IEPG e, esperamos, pelos públicos-alvo a que se destinam.

Em 2019 poderemos reportar novos resultados: mas mais do que a nossa voz, serão as vozes e testemunhos dos nossos formandos que divulgarão os resultados individuais obtidos. Como referido por uma participante na Pós-graduação em Contabilidade e Gestão Pública, “Esta foi uma formação integradora, que complementou com conhecimentos teóricos a formação prática que já tinha feito anteriormente, além de providenciar ferramentas de trabalho”. Assim, continuaremos a dar a palavra aos nossos Estudantes e a concretizar o lema do Instituto: Valorizamos Pessoas!

 

Este conteúdo patrocinado foi produzido em colaboração com o ISCSP

Recomendadas

Euribor em máximos de uma década

O que pode fazer para cobrir a subida dos juros do seu empréstimo à habitação?

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.

Garrafeira Mercadona

Vinhos de confiança à mesa dos portugueses.
Comentários