PremiumO Museu deve interrogar a História e a forma como fazemos História

Quem o diz é Bernard Blistène, antigo diretor do Museu de Arte Moderna no Centro Pompidou, desafiado a partilhar a sua visão de Museu na 2ª edição da REBOOT, em Paris. Sereno e objetivo, Blistène realça que o maior desafio está em conciliar o tempo curto com o tempo longo.

Paris, dia 9 de setembro. Bernard Blistène chega ao Carreau du Temple, espaço cultural da capital francesa, para participar na conferência internacional “REBOOT: Artistic Sustainability – Beyond Green”, organizada pela Fundação Joana Vasconcelos, em colaboração com a MG Boutique de Serviços e com curadoria de D. André de Quiroga.

Antes de subir ao palco do auditório e de dar voz ao primeiro painel da 2ª edição da REBOOT, o Jornal Económico teve oportunidade de questionar Bernard Blistène sobre o papel do Museu, no presente e no futuro.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Premium1828, a revolução das carnes

Provavelmente, estas são as melhores carnes do mundo e podem ser degustadas no Steak house 1828, um dos 12 espaços de restauração que constituem a oferta gastronómica diversificada do WOW – World of Wine, em Vila Nova de Gaia.

Real Fado e Museu da Água juntam-se para concertos de fado intimistas na Galeria Subterrânea do Loreto

A primeira sessão arranca hoje, no Dia Mundial da Música e no Dia Nacional da Água, e decorre todos os meses numa das cinco galerias do sistema Aqueduto das Águas Livres.

Festival Futurama arranca amanhã em Mértola

Ao longo de quatro fins de semana, o Baixo Alentejo abre-se ao público como um laboratório de experimentação e de apresentação de diálogos transdisciplinares, com mais de 40 artistas portugueses e espanhóis em espaços patrimoniais, culturais e naturais.
Comentários