“O Orçamento do Estado é péssimo e muito negativo para a Madeira”, considera CDS-PP

Os centristas madeirenses referem que apesar de o Estado clarificar que vai financiar em 50% o novo hospital, no documento em nenhum momento “se vêm indicações” para regulamentar o subsídio de mobilidade para transporte marítimo, e “não tem nada” sobre os madeirenses passarem a pagar 86 euros nas passagens aéreas.

O CDS-PP Madeira classifica como péssimo o Orçamento do Estado acrescentando que este é muito negativo para a Madeira, e que não esconde a “enorme carga fiscal” através de impostos indiretos.

“A Madeira vai receber muito menos pelo fundo de coesão e segurança social. Vamos perder 40 milhões de euros e menos 160 milhões de euros ao longo de vários anos o que é muito dinheiro”, disse António Lopes da Fonseca, deputado do CDS-PP na Assembleia Legislativa da Madeira.

O centrista alertou que em nenhum momento no Orçamento do Estado “se vêm indicações” para regulamentar o subsídio de mobilidade para transporte marítimo, e “não tem nada” sobre os madeirenses passarem a pagar 86 euros nas passagens aéreas.

“O Governo da República não plasmou no Orçamento do Estado a lei que já foi aprovada na Assembleia da República”, afirmou.

António Lopes da Fonseca contudo fez referência ao facto de ter “ficado esclarecido a comparticipação” de 50% do novo hospital por parte do Estado e que desse valor estão excluídas as avaliações tanto do Hospital Dr. Nélio Mendonça e do Hospital dos Marmeleiros.

[frames-chart src=”https://s.frames.news/cards/oe-2020/?locale=pt-PT&static” width=”300px” id=”1150″ slug=”oe-2020″ thumbnail-url=”https://s.frames.news/cards/oe-2020/thumbnail?version=1576601096791&locale=pt-PT&publisher=www.jornaleconomico.pt” mce-placeholder=”1″]

Recomendadas

Savoy Palace considerado hotel mais luxuoso de Portugal nos ‘Óscares do Turismo’ pelo segundo ano consecutivo

O hotel conta com assinatura da designer Nini Andrade da Silva, combinando estilos arrojados, modernos e históricos. O Savoy Palace fica a uma curta caminhada do centro histórico do Funchal e abriga o Laurea Spa, com 3.200 m2 e inspirado na Floresta Laurissilva da Madeira, Património Natural da UNESCO.

Madeira: Novos contratos de arrendamento diminuíram enquanto valor por metro quadrado cresceu

Entre as 25 regiões NUTS III, a RAM posicionou-se como a quarta região com o valor mediano das rendas mais elevado, atrás da Área Metropolitana de Lisboa, do Algarve e da Área Metropolitana do Porto.

Madeira: Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento disponibiliza máquina ATM Express na Praça CR7

As caixas ATM são especialmente direcionadas para os turistas, sector que têm vindo a atingir valores históricos na Região.
Comentários