“O PSD não sabe responder às dificuldades e desafios da Madeira”, afirma Cafôfo

O candidato do PS ao Governo Regional referiu que “esta não é a Madeira que se quer” e por isso é necessário “provocar a mudança”.

Para o candidato do PS ao Governo Regional, Paulo Cafôfo, o PSD não tem sabido responder às dificuldades e desafios da Madeira, pelo que no jantar de natal dos socialistas apelou a uma alternativa política e a uma mudança na Região.

“Esta não é a Madeira que queremos”, defendeu Cafôfo referindo-se “à alta taxa de desemprego, à mais alta taxa de analfabetismo, aos elevados valores de risco de pobreza, à lista de espera para cirurgias” com cerca de 20 mil pessoas  que a Região possui.

“Temos de agir, temos de provocar a mudança, temos de concretizar sonhos e temos, e estou certo, que vamos fazer a diferença”, reforçou o candidato dos socialistas madeirenses.

Cafôfo diz querer que a população tenha “uma voz ativa na resolução dos seus problemas”, a criação de “uma política de inclusão” e ainda uma política de desenvolvimento económico assente numa “economia diversificada, que crie emprego e fixe” as pessoas.

O candidato ao Governo Regional disse ainda que desilusão é uma palavra que define o atual Governo Regional.

“Esta esta desilusão aconteceu com esta renovação, porque falta um projeto político, faltam ideias, falta, acima de tudo, que haja um Governo que, em vez de trabalhar para um partido que é o PSD, trabalhe pelas pessoas, porque é para isso que foram eleitos”, sublinhou.

Para Cafôfo o PSD “não soube adaptar-se aos nossos tempos, não sabe responder às dificuldades nem aos desafios da nossa Região”.

O presidente do PS Madeira, Emanuel Câmara, referiu que os socialistas estão “a um passo” da Quinta Vigia reafirmando que o partido será vencedor em 2019 nas eleições regionais.

Recomendadas

Madeira: Sociedade Metropolitana de Desenvolvimento disponibiliza máquina ATM Express na Praça CR7

As caixas ATM são especialmente direcionadas para os turistas, sector que têm vindo a atingir valores históricos na Região.

Madeira supera 1,1 milhões de dormidas no alojamento turístico em agosto

As estimativas para as dormidas de agosto de 2022 superam em 67 mil o valor do mês anterior, passando assim a constituir o registo mensal mais alto de sempre observado no alojamento turístico da Região.

Madeira investe 923 mil euros na reabilitação da ER 103 entre o Terreiro da Luta e o Poiso

Pedro Fino explicou que esta obra não foi financiada com fundos europeus, mas que a Região aguarda a abertura do novo quadro comunitário, contando que deverá haver enquadramento para o financiamento da reabilitação desta estrada.
Comentários