PremiumO tempo dos Não Alinhados

O mundo mudou. Começou com Bandung, mas provavelmente ainda não acabou. A única questão é se conseguiremos mudar em conjunto e para o bem comum da humanidade, em tempos que tanto se precisa de uma governação global que trave a emergência climática e a destruição do planeta.

Houve o tempo dos Não Alinhados. Eram aqueles que, não se reconhecendo da esfera de influência dos Estados Unidos da América ou da então União Soviética, escolhiam a opção de se desalinhar dos dois blocos.

O processo da sua criação não foi imediato e teve as suas vicissitudes, mas bebeu na Conferência de Bandung os seus princípios. Essa conferência realizada em 1955, na Indonésia, reuniu os estados recém-libertados do colonialismo e outros que, sem a presença de colonialismo formal, tinham tido nos seus territórios manifestações informais de domínio ocidental, como a China.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Livro: “Entre Dois Fogos”

Não faltam explicações para as motivações de Putin, sejam políticas, geoestratégicas, económicas, históricas ou outras mas, algo incompreensivelmente, não temos quase nenhuma informação sobre a opinião do povo russo sobre a invasão. Neste livro, Joshua Yaffa dá-nos o olhar do outro.

“Fonte da Raiva” estreia em fevereiro no Teatro São Luiz

Se a vida é madrasta, como diz o adágio, nesta peça tudo aponta nesse sentido. Dor, incompreensão, maledicência, revolta e raiva moram na aldeia que serve de pano de fundo a esta encenação de Cucha Carvalheiro. Para ver de 1 a 12 de fevereiro no São Luiz, em Lisboa.

Justin Bieber vende catálogo musical por 200 milhões de dólares

O músico canadiano com apenas 28 anos vendeu o seu catálogo musical à empresa britânica Hipgnosis por 200 milhões de dólares, segundo avança a revista Rolling Stone.
Comentários