PremiumOcidente prepara medidas para distanciar Putin dos cidadãos russos

A inesperada mobilização de milhares de russos descontentes com a perspetiva de irem passar o inverno nas trincheiras da Ucrânia pode ser uma das chaves para isolar o presidente russo e o seu círculo íntimo do resto da sociedade. E o Ocidente terá de fazer a sua parte.

epa09910064 Russian President Vladimir Putin meets with Russian Olympic and Paralympic athletes during a state awards ceremony for Russian medal winners of the Beijing 2022 Olympic Winter Games at the Kremlin in Moscow, Russia, 26 April 2022. EPA/YURI KOCHETKOV

Ao cabo de sete meses de guerra, observou-se na Rússia uma reação interna violenta às palavras do presidente Vladimir Putin sobre a convocação de novos militares e a possibilidade do recurso a armamento nuclear. Para muitos observadores, esta reação era esperada desde a primeira hora e vista, quando acontecesse, como uma porta que se abriria na muralha do apoio à chamada intervenção militar na Ucrânia. Depois de atos isolados que não tiveram repercussões sociais evidentes e manifestações nas redes sociais que carecem de consistência enquanto possível fenómeno de massas, o que sucedeu esta quarta-feira não deixa margem para dúvidas: há um movimento interno de repúdio à invasão da Ucrânia.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumPutin une extremos na oposição ao Ocidente

As franjas mais extremas europeias convergem no apoio a Putin, unidas por um antiamericanismo reforçado, à esquerda, por uma orfandade do comunismo soviético e, à direita, pela admiração por um regime iliberal e autocrático.

PremiumPara saudar o regresso de um majestoso Jaen

Serve este texto para saudar a aposta de um produtor do Dão, a Caminhos Cruzados, integrada há cerca de dois anos no grupo da Quinta da Pacheca (no Douro), na comercialização de um monovarietal de uma das castas mais singulares que se produzem em Portugal: a Jaen (Mencia, em Espanha). Há quem diga que em relação à Jaen, ou se ama ou se detesta.

PremiumFada ou bruxa? Uma duquesa que incomoda muita gente

Sociopata narcisista”. Uma classificação nada abonatória, mas é assim que é descrita Meghan Markle por ex-funcionários do Palácio de Buckingham que trabalharam para os duques de Sussex, segundo o que é revelado no novo livro de Valentine Low, que escreve sobre assuntos reais para o “The Times”.
Comentários