OE2020: Governo dos Açores diz que documento cumpre compromissos com a Região

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 foi entregue ao final do dia de segunda-feira na Assembleia da República pelo Ministro das Finanças, Mário Centeno, que hoje de manhã apresentou, em conferência de imprensa, o documento.

O Governo dos Açores considerou hoje que a proposta de Orçamento do Estado para 2020, entregue no parlamento na segunda-feira, cumpre “integralmente” os compromisso firmados entre o executivo de António Costa e a Região.

A proposta de Orçamento, valorizou o Vice-Presidente do Executivo dos Açores, em nota enviada às redações, “prevê um aumento de 8,7 milhões de euros das transferências para os Açores” e “cumpre integralmente a Lei de Finanças das Regiões Autónomas, assegurando, por essa via, o cumprimento integral das normas definidas”.

“O Orçamento do Estado assegura também, pelo terceiro ano consecutivo, a comparticipação para a prestação dos serviços de obrigações de serviço público interilhas, em termos de transporte aéreo, neste caso no montante de dez milhões de euros”, lê-se na nota enviada pelo gabinete do Vice-Presidente do Governo dos Açores, Sérgio Ávila.

Outro elemento tido como “particularmente relevante” pelo Executivo Regional socialista é a “devida solidariedade” do Governo da República nos apoios aos Açores em virtude da passagem recente do furacão Lorenzo.

Também enaltecida por Sérgio Ávila é, “mais uma vez, a participação da Região nas receitas dos jogos sociais”.

A proposta de Orçamento de Estado assume também os compromissos que o Estado tinha para com os Açores em áreas como a “revitalização económica e auxílios à ilha Terceira, o Observatório Atlântico, no Faial, o estabelecimento prisional em São Miguel, a rede de radares meteorológicos, a interligação de cabo submarino, o aeroporto da Horta e a regulamentação das prestações de serviço de transportes nas Regiões Autónomas”, lembrou o governante.

A proposta de Orçamento do Estado para 2020 foi entregue ao final do dia de segunda-feira na Assembleia da República pelo Ministro das Finanças, Mário Centeno, que hoje de manhã apresentou, em conferência de imprensa, o documento.

Está inscrito na proposta um excedente orçamental equivalente a 0,2% do PIB, o que a concretizar-se será o primeiro saldo orçamental positivo da democracia.

A proposta do Governo prevê ainda uma taxa de crescimento económico de 1,9% e uma descida da taxa de desemprego para 6,1%.

Com a entrega da proposta do Governo inicia-se agora a sua análise e debate, estando prevista a votação final global para 6 de fevereiro.

Recomendadas

Câmara do Funchal quer criar mais e melhores condições para um desporto inclusivo

“Queremos uma cidade cada vez mais inclusiva e integradora”, defendeu a vereadora com os pelouros da Acção Social, Helena Leal, na apresentação dos terceiros Campeonatos do Mundo de Basquetebol e Judo para Atletas Síndrome de Down – Madeira 2022.

Saiba que tipo de informação é dada pela nova etiqueta energética

A informação que consta da etiqueta varia conforme o equipamento, mas existe um conjunto de informação comum.

UMa promove Macaronight para debater adaptação às alterações climáticas e restauração das águas e oceanos

Na Madeira, o projeto é liderado pela Universidade da Madeira e tem como parceiros a Secretaria Regional de Educação, a Câmara Municipal do Funchal, a ARDITI e a StartUp Madeira.
Comentários