OE2023: Albuquerque confirma voto contra dos deputados do PSD eleitos pela Madeira

O líder do PSD Madeira e do Governo da Madeira chegou a admitir a possibilidade de os deputados madeirenses votarem a favor do OE2023 caso as suas propostas fossem aprovadas, mas hoje Miguel Albuquerque assegurou o voto contra. “Nós vamos votar contra porque a grande parte das pretensões da Madeira não foram atendidas”, afirmou Miguel Albuquerque.

O presidente do Governo Regional da Madeira e do PSD Madeira, Miguel Albuquerque, confirmou o voto contra dos deputados do PSD, eleitos pelo círculo eleitoral da Madeira, no Orçamento do Estado para 2023.

O líder do PSD/Madeira chegou a admitir a possibilidade de os deputados madeirenses votarem a favor do OE2023 caso as suas propostas fossem aprovadas, mas hoje Miguel Albuquerque assegurou o voto contra.

“Nós vamos votar contra porque a grande parte das pretensões da Madeira não foram atendidas”, afirmou, em declarações aos jornalistas à margem de uma visita a uma unidade hoteleira, no Funchal.

O também presidente do Governo Regional defendeu que “o que se passa, por exemplo, com a Universidade da Madeira é incompreensível”, lamentando que não tenha sido aprovada a majoração das verbas a transferir pelo Estado para aquele estabelecimento de ensino, “conforme havia o compromisso do Governo”.

“Aprovaram para a Universidade dos Açores, mas não aprovaram para a Madeira. É incompreensível”, criticou.

Miguel Albuquerque criticou também o facto de o PS ter chumbado na especialidade uma proposta de alteração do PSD, no âmbito do subsídio de mobilidade, que visava permitir que os madeirenses pagassem 86 euros na compra das viagens aéreas para o continente, em vez de assumirem a totalidade da viagem e serem reembolsados posteriormente.

“Acho que é uma situação que é inaceitável do ponto de vista da assunção das responsabilidades do Estado. Vamos ter de continuar a adiantar dinheiro para poder circular dentro do país. Portanto, essa é também uma situação que não se compreende”, afirmou.

O presidente do PSD insular disse ainda que os “madeirenses têm agora oportunidade de emitir um juízo de valor relativamente a quem é que apoia a Madeira e quem está do lado dos direitos de cidadania dos madeirenses e dos porto-santenses e quem está contra”.

A votação final global do OE2023 está agendada para sexta-feira.

A proposta do Governo foi aprovada na generalidade em 27 de outubro com o voto favorável apenas do PS (que tem maioria absoluta), a abstenção dos deputados únicos do PAN e do Livre, e votos contra dos restantes partidos.

Recomendadas

Covid-19: China anula várias medidas de prevenção e sinaliza fim da estratégia ‘zero casos’ (com áudio)

O Conselho de Estado (Executivo) anunciou que quem testar positivo para o vírus pode, a partir de agora, cumprir isolamento em casa, em vez de ser enviado para instalações designadas, muitas vezes em condições degradantes.

Covid-19: Pandemia provocou mais 300 mil mortes na UE do que as oficiais, diz OCDE

“No final de outubro de 2022, mais de 1,1 milhões de mortes de covid-19 foram reportadas em todos os 27 países da UE, mas os dados sobre o excesso de mortalidade sugerem que se trata de uma subestimativa e que mais 300 mil pessoas morreram devido ao efeito direto ou indireto da pandemia”, refere o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comissão Europeia (CE).

Covid-19: Problemas de saúde mental aumentaram na Europa, sobretudo nos jovens

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) explica no relatório comparativo da situação de saúde na Europa que, enquanto em 2019 a percentagem de jovens entre 15 e 24 anos com sintomas de depressão era de 6%, contra 7% nos adultos, com o coronavírus os números aumentaram em todos os países para os quais existem dados.
Comentários