Ómicron poderá ser dominante no Reino Unido dentro de semanas

Segundo o especialista em doenças infeciosas Paul Hunter, no Reino Unido, existem quatro vezes mais casos da Ómicron do que o oficialmente confirmado.

Londres, Reino Unido | Andrew Redington/Getty Images

A Ómicron pode tornar-se a variante dominante no Reino Unido dentro de semanas, diz o especialista em doenças infeciosas Paul Hunter, citado pela “BBC” esta segunda-feira, 6 de dezembro.

Segundo estima o especialista já existam mais de mil casos – quatro vezes mais do que o oficialmente confirmado. Esta segunda-feira foram identificados em “West Midlands” três casos da nova variante e ao todo existem, no Reino Unido, mais de 200 casos confirmados da Omicron, de acordo com a Agência de Saúde e Segurança do Reino Unido.

Em França existe a mesma perspetiva, de que a Ómicron poderá tornar-se a variante dominante. A 2 de dezembro o assessor do governo francês, Jean-François Delfraissy disse, de acordo com a “Reuters”, que: “Devemos ver um aumento progressivo da variante Ómicron, que assumirá o lugar da Delta”.

Por sua vez, em Portugal a Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública (ANMSP) considerou que Ómicron poderia vir a substituir a variante Delta que se tornou dominante em relação a todas as outras quer a nível nacional, quer a nível mundial.

Apesar da limitada informação que ainda existe sobre a Ómicron, o vice-presidente da ANMSP, Gustavo Tato Borges, confessou ao Jornal Económico, que “esta é uma variante que irá provavelmente substituir a Delta no panorama epidemiológico mundial se não for possível fazer nada concertado a nível global para impedir a sua disseminação”. Em Portugal atualmente existem 34 casos da Ómicron.

Relacionadas

Covid-19: Irlanda encerra discotecas e anuncia novas restrições para fazer face à variante Ómicrom

O Governo irlandês anunciou esta sexta-feira novas restrições para conter a disseminação da nova variante Ómicron da covid-19, que incluem o encerramento de discotecas ou o distanciamento social em alguns locais.

Covid-19: Identificados 34 casos da variante Ómicron em Portugal, segundo o relatório das “linhas vermelhas”

Portugal regista 34 casos associados à variante Ómicron do coronavírus, todos assintomáticos ou com sintomas ligeiros de Covid-19, indicam as “linhas vermelhas” da pandemia divulgadas esta sexta-feira.
Recomendadas

Espanha prepara-se para anunciar fim do uso de máscaras nos transportes públicos

A proposta vai ser apresentada no Conselho de Ministros no dia 7 de fevereiro.

Fim súbito da política de ‘zero casos’ é desafio de credibilidade para Pequim, diz investigador

“Até para a propaganda do regime é desafiante construir uma narrativa coerente sobre o que está a acontecer”, descreveu Yanzhong Huang, que dirige a pesquisa em assuntos de saúde global no Conselho de Relações Externas, um centro de reflexão (‘think tank’) com sede em Nova Iorque.

Covid-19. Administração da ULS Baixo Alentejo vai ser julgada em Beja devido a vacinas

O julgamento envolve seis arguidos e está previsto começar em 13 de fevereiro, às 09:30, decorrendo no juízo local criminal do Tribunal de Beja, indicou hoje à agência Lusa fonte judicial.
Comentários