Opel refuta acusações de uso de software fraudulento

  A Opel refuta categoricamente as afirmações produzidas pela organização Deutsche Umwelthilfe. Diz em nota: “o ‘software’ de gestão eletrónica de motores desenvolvido pela GM não possui qualquer característica que seja capaz de detetar se o veículo está a ser submetido a um teste de emissões de escape. Isto é válido para todos os nossos […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

 

A Opel refuta categoricamente as afirmações produzidas pela organização Deutsche Umwelthilfe. Diz em nota: “o ‘software’ de gestão eletrónica de motores desenvolvido pela GM não possui qualquer característica que seja capaz de detetar se o veículo está a ser submetido a um teste de emissões de escape. Isto é válido para todos os nossos veículos”.

Adianta ainda a marco que “o alegado teste conduzido pela Deutsche Umwelthilfe (DUH) a uma unidade Zafira não se consegue compreender. E não é aceitável que a DUH produza ilações sem divulgar os alegados resultados, os quais foram por nós solicitados em múltiplas ocasiões”.

Continua a nota: “Assim que recebemos a comunicação da Deutsche Umwelthilfe sobre este tema, os nossos engenheiros submeteram um automóvel do mesmo modelo – um Zafira com motor Diesel 1.6 Euro 6 – a mais uma bateria de testes segundo as normas em vigor, tanto num banco de ensaios de dois rolos como num de quatro rolos.

Resultado: os valores cumprem com os limites legais em ambos os testes, nas configurações de duas e de quatro rodas. Este seria, aliás, o único resultado expectável, já que o facto de as rodas traseiras estarem em movimento ou imobilizadas não tem influência nos sistemas de emissões. Isto quer dizer que as alegações são manifestamente falsas, sem fundamento”.

OJE

 

 

Recomendadas

Amazon planeia gastar 95 milhões de euros por ano em publicidade no Twitter

Este valor faz parte da estratégia da retalhista online no regresso à publicidade na rede social agora liderada por Elon Musk, mas está ainda dependente de alguns “ajustes de segurança” na plataforma de anúncios do Twitter.

Comércio online representou 22% de todo o comércio na Black Friday

As compras por MB Way dispararam face a 2019, com uma subida de 1.730%, de acordo com os dados divulgados pelo Forward Payment Solutions (SIBS).

Saídas de capital do Credit Suisse quase estancadas e já se nota regresso de depositantes de elevado património

O banco deverá ter perdido cerca de 10% dos fundos depositados na operação de gestão de ativos, devido a desconfianças dos clientes relativamente à solvabilidade da instituição.