OPEP revela novo mínimo de output em outubro

O petróleo tem chamado à atenção de alguns investidores na medida em que os movimentos seguros de queda começam a ser colocados em causa. Por um lado, a queda dos inventários parece querer marcar a segunda semana consecutiva nos EUA, revelando o aumento do consumo por parte dos consumidores da maior economia mundial. Por outro […]

O petróleo tem chamado à atenção de alguns investidores na medida em que os movimentos seguros de queda começam a ser colocados em causa. Por um lado, a queda dos inventários parece querer marcar a segunda semana consecutiva nos EUA, revelando o aumento do consumo por parte dos consumidores da maior economia mundial.

Por outro lado, a OPEP revelou um novo mínimo de output no mês de Outubro, fruto essencialmente da queda da produção na Arábia Saudita e Iraque. Estas notícias têm alimentado a expectativa de correção do preço em alta da matéria-prima, ao mesmo tempo que alimentam a subida das cotadas dependentes do ouro negro.

Em Wall Street os investidores começam a posicionar-se para os importantes eventos desta semana. Depois dos máximos dos últimos quinze anos, observados ontem no setor tecnológico americano, hoje é dia de tomada de mais-valias numa tentativa de libertação de posições, antes dos discursos de alguns importantes membros da FED.

Existe alguma expectativa quanto à opinião dos oradores relativa às suas posições sobre um aumento das taxas de juro em Dezembro deste ano. Além disso, sexta-feira, é dia de NFP e a divulgação deste indicador assume particular importância para a formação de pareceres sobre o timing da intervenção dos responsáveis pela política económica dos EUA.

Pedro Ricardo Santos, gestor da XTB Portugal

Recomendadas

PremiumMercados somam e seguem

Índices acionistas encerram em alta em novembro, somando segundo ganho mensal consecutivo.

Wall Street encerra semana apenas com Dow Jones a negociar em terreno positivo

Ao final do dia em Wall Street, o Dow Jones soma 0,10% para 34.429,88 pontos, o S&P 500 perde 0,13% para 4.071,45 pontos e o tecnológico Nasdaq desvaloriza 0,18% para 11.461,50 pontos. 

Euro regista ligeira valorização e segue acima de 1,05 dólares

Lisboa, 02 dez 2022 (Lusa) – O euro subiu hoje ligeiramente e mantinha-se a negociar acima de 1,05 dólares, após a divulgação de números melhores do que o previsto sobre a criação de emprego nos Estados Unidos.