Oposição de Israel acusa Netanyahu de desestabilizar o país

Líder da oposição fala num “colapso total da política externa de Israel”.

Atef Safadi/Reuters

A oposição do primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu defende a aprovação da resolução do Conselho de Segurança da ONU que condena os colonatos de Israel.
Após a posição contrária do chefe de Governo face à resolução – considerada pela maioria dos políticos como um ataque às Nações Unidas-, a oposição acusou esta segunda-feira Netanyahu de prejudicar a estabilidade do país.
“O primeiro-ministro estava a gabar-se das relações com o exterior, e o que está a acontecer agora é um colapso total da política externa de Israel”, disse Yitzhak Herzog, presidente do Partido Trabalhista, o maior partido da oposição israelita.
Herzog apelou a Yair Lapid, líder da oposição do partido Yesh Atid, e ao ministro das Finanças Moshe Kahlon para que se juntem a ele e “parem Netanyahu antes que seja tarde demais”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.

Euribor sobem a três, seis e 12 meses para novos máximos de quase 14 anos

As taxas Euribor subiram hoje para novos máximos desde o início de 2009 a três, seis e 12 meses.

Maioria dos europeus tem hoje maior dificuldade em fazer face às despesas mensais

O disparo dos preços tem levado as famílias europeias a ter maior dificuldade em equilibrar o orçamento mensal. Não há dados específicos para Portugal, mas também cá os salários reais têm caído e o poder de compra emagrecido.
Comentários