Oposição pede anulação das eleições nas Honduras

Os líderes dos dois principais partidos da oposição nas Honduras pediram a anulação dos resultados da eleição presidencial.

Os líderes dos dois principais partidos da oposição nas Honduras pediram a anulação dos resultados da eleição presidencial.

Salvador Nasralla e Octavio Pineda deram entrada em tribunal na sexta-feira com um processo de anulação das eleições realizadas a 26 de Novembro e cuja contagem dos votos  dava vantagem ao actual presidente Juan Orlando Hernandez, à frente de Nasralla por uma margem de 1.6 por cento.

O primeiro relatório do TSE deu uma vantagem de cinco pontos para Nasralla, com 57% dos votos que acredita ter havido alterações no  sistema para computar para alterar os resultados.

A oposição alega que a eleição deve ser anulada porque “ocorreram violações com o Presidente da República a participar no processo eleitoral, quando a Constituição assim o proíbe”.

Recomendadas

Itália: Velha guarda da Liga Norte pede cabeça de Salvini após revés

A velha guarda da Liga Norte, transformada em Liga com Matteo Salvini como líder, criticou-o duramente após o revés nas legislativas de domingo.

Agência de Energia e Irão retomam contacto em Viena

O diretor da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Rafael Grossi, reuniu-se com o chefe do programa nuclear iraniano, Mohammad Eslami, para retomar os contactos e esclarecimentos.

São Tomé: CPLP diz que comissão eleitoral é soberana na divulgação de resultados

O chefe da missão de observação eleitoral da CPLP, o embaixador Rafael Vidal, disse que a lei são-tomense não obriga à divulgação dos resultados provisórios antes da contagem nos distritos.
Comentários