Optimize lança primeiro fundo de investimento alternativo

O Optimize Disruption Fund tem como objetivo “investir em empresas disruptivas, inovadoras que irão transformar os mais variados setores da economia”.

Cristina Bernardo

A gestora Optimize lançou o seu primeiro fundo de investimento alternativo – o Optimize Disruption Fund, revelou ao Jornal Económico Pedro Lino, administrador da sociedade.

“A Optimize continua a aumentar a sua gama de produtos para cobrir o interesse crescente no tema da nova economia com um fundo específico para investir nas temáticas que se prevêem revolucionar a economia”, acrescenta o gestor.

O Fundo Optimize Disruption Fund tem como objetivo “investir em empresas disruptivas, inovadoras que irão transformar os mais variados setores da economia”.

Este fundo terá uma maior volatilidade que os restantes fundos geridos pela Optimize, uma vez que uma maior rentabilidade está associado a um maior risco, acrescenta a sociedade gestora.

A gestão do Optimize Disruption Fund, irá focar-se, numa primeira fase, no investimento apenas em ativos de elevada liquidez e cotados em mercado regulamentado, poderá investir até 130% em ações, até 30% em hedge funds e 10% em fundos imobiliários.

Pedro Lino explica que “a equipa de gestão da Optimize acredita que os próximos 10 anos serão marcados por uma evolução exponencial de processos disruptivos em todas as industrias, desde a saúde, pagamentos, industria, energia ao retalho. A velocidade das comunicações aliada à maior capacidade computacional irão permitir o desenvolvimento de novas industrias e a reinvenção dos sectores tradicionais”.

A estratégia e objetivo, passam por investir em empresas cotadas e com elevado potencial de crescimento e privilegiará as seguintes temáticas da automação; da digitalização; da ecologia; da saúde/biotecnologia/bem-estar; e das tecnologias embrionárias.

Este novo fundo vai ter diferentes classes de unidades de participação, sendo que até ao final de Outubro de 2021, a Optimize vai realizar uma campanha de lançamento permitindo que todas as subscrições sejam executadas nas classes com menor comissão de gestão, para sempre, desde que não resgate a totalidade, revela Pedro Lino.

“Os gestores da Optimize foram os primeiros a subscrever o fundo demonstrando o seu compromisso e a sua confiança na estratégia e sucesso deste novo produto”, refere o administrador da sociedade gestora que anuncia que o mês de setembro “será um mês repleto de novidades para os clientes Optimize quer a nível de produto, quer a nível de interação com a Sociedade Gestora”.

 

Recomendadas

PremiumPedido do registo da OPA à Boavista aguarda depósito da contrapartida

Empresário espanhol-luxemburguês Gérard Lopez está a reunir os últimos documentos essenciais para apresentar à CMVM o pedido de registo de oferta. Processo deverá ficar concluído dentro de dias.

Tesla dispara na bolsa depois de resultados recorde de 2022

Ao fecho das negociações em Wall Street, cada ação da Tesla estava avaliada em 177,90 dólares, mais 17,63 dólares do que no dia anterior. Isso fez com que a empresa encerrasse a semana numa valorização de 33% face à semana anterior

Wall Street volta a fechar no verde e Nasdaq soma quarta semana seguida de ganhos

Apesar de subidas tímidas, os três principais índices de Nova Iorque fecharam em alta, colocando-se em rota para um mês de ganhos. O sector tecnológico continuou a somar ganhos antes de uma semana de muitos resultados trimestrais, impulsionando o Nasdaq depois de mais dados otimistas da inflação.
Comentários