PremiumOrçamento aposta na recuperação da economia global

Governo prevê subida de 1,9% do PIB em 2020, com maior dinamismo das exportações. Avaliações dos economistas variam entre realista e otimista.

O Governo prevê que a economia nacional cresça 1,9% em 2020, o mesmo que este ano, segundo a proposta do Orçamento do Estado (OE) para 2020. Embora admita que persiste uma “elevada incerteza geopolítica”, o Executivo aposta numa melhoria da economia global em 2020, com a recuperação da zona euro e a normalização das relações comerciais entre os Estados Unidos e a China.

Para o desempenho da economia nacional deverá contribuir a ligeira recuperação da zona euro, acredita o Governo. “No que concerne à área do euro, é expectável uma aceleração da atividade económica, com o PIB a crescer 1,2% (1,1% em 2019). Esta evolução está em linha com a retoma do comércio mundial e com a expectativa de resultados positivos das negociações entre os EUA e a China”, refere o Governo na proposta de lei do OE 2020, recordando que as previsões da Comissão Europeia apontam para um crescimento de 3% do PIB mundial em 2020.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

Transição climática é prioridade para grandes empresas

Sonae, CTT, NOS e Altri têm estratégias consolidadas no combate às alterações climáticas e querem com as suas práticas influenciar toda a cadeia de valor. O JE foi conhecer as metas traçadas e as medidas para as atingir.

Grupo Stellantis e DST Solar nas Agendas Mobilizadoras

A inovação verde para a indústria automóvel passa pelas Agendas Mobilizadoras. O ISQ&CTAG irá investir 6,2 milhões de euros.

Cenário económico não anula metas de descarbonização

O cenário de uma possível recessão, associada à já frágil conjuntura macroeconómica, não assusta o sector, que diz estar “bem mais preparado” do que em 2008. As fragilidades herdades da pandemia persistem, mas importa não perder o foco das metas estabelecidas.
Comentários