Orçamento da FPF para 2022/23 aprovado por unanimidade

Embora não tenha revelado o valor total dos gastos previstos, a FPF refere que as despesas “mais relevantes resultam das seleções nacionais (28,6 milhões de euros)”.

A Assembleia-Geral (AG) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) aprovou por unanimidade o orçamento para a temporada 2022/23, que prevê um lucro superior a um milhão de euros, informou este sábado o organismo, através do site oficial.

De acordo com o comunicado da FPF, o exercício da próxima época contempla “rendimentos na ordem dos 102 milhões de euros”, sendo que o ‘bolo’ principal provem de “contratos televisivos, publicidade e patrocínios”, a rondar os 40 milhões de euros.

Embora não tenha revelado o valor total dos gastos previstos, a FPF refere que as despesas “mais relevantes resultam das seleções nacionais (28,6 milhões de euros)”.

Em declarações reproduzidas na página oficial, o presidente do organismo, Fernando Gomes, lembrou “as extraordinárias dificuldades provocadas por dois anos de pandemia” e apelou ao “reforço da aposta no [setor] feminino, que cresceu 12%”, considerando-o um “vetor fundamental para o futuro” da modalidade.

Recomendadas

Christian Eriksen vai ser jogador do Manchester United

O internacional dinamarquês terminou contrato com o Brentford e tem acordo verbal com os ‘red devils’ para ser reforço a “custo zero” neste mercado de transferências .

Oficial: João Moutinho decidiu o seu futuro e continua no Wolverhampton

O médio português estava sem clube depois de o contrato terminar na semana passada, mas hoje foi anunciado novo acordo, com o internacional português a permanecer na equipa do Wolves.

Manchester City reforça-se em Leeds: Kalvin Phillips custa 49 milhões de euros

Os ‘Sky Blues’ pagam 49 milhões de euros pelo seu quarto reforço neste mercado de transferências. Desta vez, contratam um jogador internacional por Inglaterra.
Comentários