Orçamento Participativo para 2021 da Madeira será de cinco milhões de euros

Pedro Calado, vice-presidente do Governo Regional, visitou hoje as obras de reabilitação do Serviço Técnico de Educação Especial da Quinta do Leme, uma das candidaturas vencedoras da primeira edição do Orçamento Participativo da Região, que compreende a construção de um tanque terapêutico e a reabilitação da cozinha e dos balneários deste estabelecimento para alunos com necessidades especiais.

O vice-presidente do Governo Regional, Pedro Calado, disse hoje que o Orçamento Participativo para 2021 será de cinco milhões de euros, o dobro do 2019.

Pedro Calado visitou hoje as obras de reabilitação do Serviço Técnico de Educação Especial da Quinta do Leme, uma das candidaturas vencedoras da primeira edição do Orçamento Participativo da Região, que compreende a construção de um tanque terapêutico e a reabilitação da cozinha e dos balneários deste estabelecimento para alunos com necessidades especiais.

O governante salientou que o Orçamento Participativo “é uma aposta ganha” pelo que “era muito bom o de 2021 ser o dobro do de 2019” cujas obras dos projetos vencedores iniciaram-se agora devido à pandemia da covid-19.

Recomendadas

Covid-19: China anula várias medidas de prevenção e sinaliza fim da estratégia ‘zero casos’ (com áudio)

O Conselho de Estado (Executivo) anunciou que quem testar positivo para o vírus pode, a partir de agora, cumprir isolamento em casa, em vez de ser enviado para instalações designadas, muitas vezes em condições degradantes.

Covid-19: Pandemia provocou mais 300 mil mortes na UE do que as oficiais, diz OCDE

“No final de outubro de 2022, mais de 1,1 milhões de mortes de covid-19 foram reportadas em todos os 27 países da UE, mas os dados sobre o excesso de mortalidade sugerem que se trata de uma subestimativa e que mais 300 mil pessoas morreram devido ao efeito direto ou indireto da pandemia”, refere o relatório da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comissão Europeia (CE).

Covid-19: Problemas de saúde mental aumentaram na Europa, sobretudo nos jovens

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) explica no relatório comparativo da situação de saúde na Europa que, enquanto em 2019 a percentagem de jovens entre 15 e 24 anos com sintomas de depressão era de 6%, contra 7% nos adultos, com o coronavírus os números aumentaram em todos os países para os quais existem dados.
Comentários