Orçamento Regional: valorização de rendimentos terá impacto de 59 milhões de euros

Estão previstos 31 milhões de euros para a valorização de rendimentos.

O impacto da valorização dos rendimentos deve atingir os 59,2 milhões de euros, conforme prevê a +proposta do Orçamento Regional da Madeira para 2023.

O executivo madeirense prevê alocar 31,6 milhões de euros para valorização salarial. Estão previstos mais 9,8 milhões de euros para a recuperação do tempo de serviço do pessoal docente.

Para progressões de carreira, contratações e incentivos à fixação de profissões de saúde estão previstos 7,8 milhões de euros.

O subsídio de insularidade da Madeira e Porto Santo deve custar 5,5 milhões de euros, e 500 mil euros vão para o reforço do apoio a alunos do ensino superior.

O complemento regional para idosos terá quatro milhões de euros.

Recomendadas

Médicos internos preenchem totalidade das 39 vagas disponibilizadas à Madeira

Este processo, que decorre em simultâneo a nível nacional, é acompanhado na Região Autónoma da Madeira pelo Instituto de Administração da Saúde (IASAÚDE), entidade responsável pelo Internato Médico na Região.

Funchal: Prorrogado prazo de reabilitação da ETAR

Foi aprovada a participação da Câmara num instituto sem fins lucrativos, o Instituto para o Desenvolvimento e Inovação Tecnológica (IDEA).

Madeira aprova 74 contratos-programa de desenvolvimento desportivo no valor de quatro milhões de euros

Foi autorizada ainda a celebração de um acordo de cooperação entre o Instituto de Segurança Social da Madeira e a Associação Santana Cidade Solidária, de 21,4 mil euros, relativo ao financiamento das respostas sociais loja social e atendimento e acompanhamento social.
Comentários