Ordem dos Advogados com nova solução de voto eletrónico

A consultora portuguesa AskBlue implementou uma solução avançada de voto eletrónico, com base no produto Scytl Online Voting para as eleições do Congresso.

Cristina Bernardo

A consultora portuguesa AskBlue implementou uma solução pioneira de voto eletrónico para as eleições do Congresso da Ordem dos Advogados (OA) para facilitar o acesso a partir de qualquer dispositivo: computador, tablet ou smartphone. Logo, visa também estimular a participação nacional dos cerca de 30 mil advogados no escrutínio, uma vez que é um processo que costuma ser realizado presencialmente.

A inovação tecnológica em causa é suportada pelo produto Scytl Online Voting, uma tecnologia de voto eletrónico que já foi utilizada em países como os Estados Unidos da América, o Canadá, o Reino Unido, a França ou a Alemanha.

“A utilização da solução foi uma agradável surpresa, pela facilidade e adesão registada ao voto eletrónico. Foi uma excelente experiência e permitiu prepararmo-nos melhor para que as próximas eleições dos órgãos sociais venham a ser um sucesso ”, afirmou Guilherme Figueiredo, bastonário da OA.

A plataforma agrega sete assembleias de voto com listas distintas de candidatos, sendo que a sua segurança deve-se seu protocolo criptográfico patenteado (chaves criptográficas digitais privadas). Segundo Ana Rosado, partner da AskBlue, “o voto eletrónico tem o forte potencial de aproximar cidadãos e organizações, contribuindo para sociedades mais inclusivas e esclarecidas”.

Já Filipe Castro, diretor de vendas da Scytl, considera que este foi um projeto inovador “sem paralelo no setor da advocacia em Portugal”. “Acreditamos que é uma solução pioneira e com inúmeras possibilidades de crescimento em Portugal, nos mais variados setores de atividade”, acrescentou.

Através de um recibo de votação, os eleitores podem verificar, de forma anónima, se o seu voto foi registado pelo sistema Scytl Online Voting, auditado e certificado por vários governos a nível mundial.

Relacionadas

Congresso reuniu 600 advogados. Bastonário assegura que é “prova da unidade”

A reunião magna, organizada pela Ordem dos Advogados, realizou-se entre os dias 14 e 16 de junho, na cidade de Viseu, e contou com a presença do Presidente da República e de membros do Governo
Recomendadas

PremiumPorto Law Summit debate sociedades multidisciplinares

As sociedades multidisciplinares – formadas por advogados e outros profissionais – estão a chegar. O bastonário Luís Menezes Leitão, que se recandidata ao cargo, não está disponível para as aceitar.

Diferendo entre Ordem dos Advogados e Conselho de Deontologia de Lisboa volta “à estaca zero”

O despacho deixa o recurso apresentado em janeiro desse ano pelo bastonário, Luís Menezes Leitão, novamente por decidir, contrariando o próprio entendimento que esta 3.ª Secção do CS havia tido anteriormente.

Advogados do caso BES querem Supremo a decidir pela manutenção de Ivo Rosa no processo

Na terça-feira a providência 24/22, deu entrada no Supremo e ficou decidido como relator o juiz conselheiro Manuel Capelo, segundo a “TSF”.
Comentários