Os 10 adjetivos mais usados para vender uma casa (e o que dizem sobre o preço)

O Idealista, um dos maiores sites de procura de casas em Portugal, fez um estudo sobre quais são os adjectivos mais utilizados na hora de vender uma casa. Eis o top 10.

O Idealista pegou em margas centenas de anúncios de venda de casas e reuniu numa lista, quais são os adjetivos mais usados para promover e vender uma casa. Estes são os dez termos mais usados no mercado imobiliário em Portugal:

1 – Excelente

2 – Ampla

3 – Tranquila

4 – Moderna

5 – Espaçosa

6 – Magnífica

7 – Luminosa

8 – Única

9 – Fantástica

10 – Luxo

Mas o Idealista foi ainda mais longe, e estudou qual é o preço médio a que corresponde cada um destes adjetivos qualificativos. Fique a saber que, por norma, as casas mais económicas (abaixo de 150 mil euros) são normalmente descritas com dois novos conceitos: “renovada” e “remodelada”, que nem constam na lista dos mais utilizados.

Do lado oposto, nas casas mais exclusivas (com preço superior a 1 milhão de euros) o adjetivo mais usado é: “privada”. Quando vir “luxo” num anúncio, estará a ver uma casa com um preço médio de 721.676 euros. As “únicas” rondam os 624.895 euros, mais caras do que as “modernas” e as”magníficas” que estão ainda acima de meio milhão de euros. No patamar dos 400 mil euros encontra as “luminosas” e mais abaixo disso, estão as “excelentes” que têm um preço médio de 304.895 euros. As “tranquilas” têm um valor médio de 375.779 euros, e as “amplas” situam-se na fasquia dos 293.862 euros.

Este trabalho pode ser uma peça importante para quem está a vender, e tem que promover a casa da melhor maneira possível, mas também para quem está a comprar, já que os adjectivos usados dizem (provavelmente) muito mais do que pensamos sobre o preço de um imóvel.

Relacionadas

Compra e venda de casas: o que muda nas escrituras?

Há novas regras para as escrituras de imóveis. Saiba tudo o que muda a partir de novembro.
Recomendadas

Hoje é celebrado o Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentar

Na Europa, todos os anos, cerca de 89 milhões de toneladas de alimentos são deitados ao lixo. Em Portugal, estima-se que cada português desperdice cerca de 134 kg de alimentos por ano. Enquanto isto 1/6 da população mundial passa fome.

Dificuldades em pagar as contas? Processo de insolvência singular pode ser um caminho

O consumidor em situação ou na iminência de incumprimento e sem qualquer perspetiva, a médio ou longo prazo, de que a sua situação financeira se altere poderá recorrer ao tribunal para pedir a insolvência singular.

Comparadora de seguros HelloSafe recebe mais quatro milhões para expandir em Portugal

“Este financiamento irá apoiar a nossa ambição de nos tornarmos a plataforma internacional número um em Portugal para comparar produtos financeiros e de seguros”, diz Oleksiy Lysogub, cofundador da empresa canadiana. ‘Insurtech’ vai contratar 40 pessoas.
Comentários