PremiumOs quatro desafios chave para a competitividade nacional

As maiores empresas nacionais comparam bem com as europeias no que toca à competitividade. Mas a esmagadora maioria, as micro e pequenas, estão cada vez mais longe. Na raiz do problema estão quatro factores bem conhecidos.

O diagnóstico é bem conhecido: há quatro grandes desafios que a economia portuguesa tem de vencer para que a competitividade das empresas nacionais aumente e, com ela, o produto interno português.

O presidente do Fórum para a Competitividade, Pedro Ferraz da Costa, conhece-os bem. Nem hesita. “A competitividade das empresas e a capacidade de crescimento destas depende de vários fatores. Os quatro mais citados são: a burocracia, o nível dos impostos, o rigor da legislação do trabalho e os atrasos da Justiça”, enumera, em conversa com o JE.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

El Corte Inglés contrata mais de 500 colaboradores para o Natal

“Para além deste período de Natal, há ainda possibilidade de permanecerem em contratos futuros, tal como tem acontecido em anos anteriores”, garante a empresa.

Bosch Industry Consulting abre escritório em Espanha

As operações da Bosch Industry Consulting em Espanha irão beneficiar da existência do centro de competências da Bosch em Aveiro.

EDP Brasil emite papel comercial no valor de 292 milhões de euros para amortizar dívida ao BNDES

O objetivo da emissão é realizar o pagamento antecipado da dívida com o Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social – BNDES, no montante aproximado de 470 milhões de reais e distribuir o restante ao acionista, diz a empresa.
Comentários