OTRV: Comissões bancárias levam pequenos investidores a perder dinheiro

Veja aqui a comparação entre Certificados do Tesouro Poupança Crescimento e Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável em termos de juros, comissões e rendimento líquido.

Paulo Whitaker/Reuters

Os custos associados ao investimento em Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável (OTRV) poderão levar a grande maioria dos aforradores que apostaram neste produto do Estado a perder dinheiro.

Apesar de o investimento ser mais rentável com montantes mais elevados (pois as comissões bancárias são fixas), 86,9% dos aforradores aplicaram entre o mil e 20 mil euros na última emissão de OTRV, de acordo com os dados publicados esta quarta-feira pela Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública, o IGCP.

Simulações de investimento em aforro público mostram que as comissões cobradas pelos bancos nas OTRV pesam de tal forma que, no caso do investimento mínimo, a rentabilidade da aplicação é negativa. Nos restantes montantes, o retorno é mais baixo que as aplicações em Certificados do Tesouro Poupança Crescimento (CTPC).

Os também recém criados CTPC garantem uma taxa de juro desde 0,75% no primeiro ano até chegar aos 2,25%, ao sétimo ano. Em média, a remuneração anual é de 1,39%, sendo que num investimento a cinco anos (como usado na simulação dos CTT para comparar com as OTRV), a taxa anual efetiva líquida é de 0,79%.

Veja aqui a comparação entre Certificados do Tesouro Poupança Crescimento e Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável em termos de juros, comissões e rendimento líquido:

1.000 €5.000 €10.000 €25.000 €
OTRVCTPCOTRVCTPCOTRVCTPCOTRVCTPC
JUROS BRUTOS (1)
1º Ano11 €7,5 €55 €37,5 €110 €75 €275 €188 €
2º Ano11 €7,5 €55 €37,5 €110 €75 €275 €188 €
3º Ano11 €10,5 €55 €52,5 €110 €105 €275 €263 €
4º Ano11 €13,5 €55 €67,5 €110 €135 €275 €338 €
5º Ano11 €16,5 €55 €82,5 €110 €165 €275 €413 €
Total Juros Brutos55 €55,5 €275 €278 €550 €555 €1375 €1388 €
IRS sobre Juros (Taxa Liberatória)-15 €-16 €-77 €-78 €-154 €-155 €-385 €-389 €
Total Juros Líquidos39,6 €40 €198 €200 €396 €400 €990 €999 €
CUSTOS
Comissão Intermediação + Imp.Selo-26 €0 €-26 €0 €-26 €0 €-65 €0 €
Com. Pag.to Cupão + IVA-31 €0 €-31 €0 €-31 €0 €-34 €0 €
Comissão de Custódia + IVA-123 €0 €-123 €0 €-123 €0 €-123 €0 €
Comissão de Reembolso + IVA-3,1 €0 €-12 €0 €-25 €0 €-49 €0 €
Total Custos-183 €0 €-192 €0 €-204 €0 €-271 €0 €
RENDIMENTO LÍQUIDO IRS E COMISSÕES-143 €40 €5,95 €200 €192 €400 €719 €999 €
Taxa Anual Efetiva Líquida-3,04%0,79%0,02%0,79%0,38%0,79%0,57%0,79%
Relacionadas

Mais de 74 mil investidores compraram as OTRV com pior rentabilidade de sempre

Do total de investidores, 64.441 (86,9%) aplicaram entre o valor mínimo e 20 mil euros. Na sexta oferta de obrigações para o retalho, a taxa de juro foi a mais baixa de sempre.

Produtos de poupança do Estado: acabou o El Dorado

É lançada esta quarta-feira a sexta emissão de Obrigações do Tesouro de Rendimento Variável, a primeira que a Deco não recomenda. Segundo as contas da associação, nenhum dos produtos oferecidos neste momento pelo Estado é aconselhável.

Tesouro espera acabar o ano com mais de cinco mil milhões de euros dos investidores de retalho

Portugal vai ao mercado esta semana para emitir até 1.500 milhões de euros, através de dois leilões de Bilhetes do Tesouro a seis meses e a um ano.
Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários