Paciência zero para a política Covid zero na China. Veja “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

A política de Covid zero começa a fazer mossa na China com o confinamento de centenas de milhões de pessoas a desencadear protestos pouco comuns na presidência de Xi Jinping. Os incidentes diplomáticos no Qatar e a perseguição aos curdos por parte de Erdogan serão também temas em análise por parte do embaixador Francisco Seixas da Costa.

Face ao que se passou há poucas semanas no 20º Congresso do Partido Comunista Chinês, Francisco Seixas da Costa não estava à espera desta revoada de protestos no antigo Império do Meio. Mas também não está à espera dali que resulte qualquer alteração significativa do poder do presidente ou sequer do predomínio do partido sobre a sociedade.

Como também não está à espera que os protestos relativos ao Qatar venham a ser uma alavanca no sentido da mudança da estrutura da sociedade do país.

O mesmo se passa com os curdos: ninguém está à espera que o seu futuro seja agradável, face à perspetiva de uma guerra com a Turquia.

Tudo para ver esta semana em ‘A Arte da Guerra’, da plataforma multimédia JE TV, um programa conduzido pelo jornalista António Freitas de Sousa e com os comentários do embaixador Francisco Seixas da Costa.

Recomendadas

Meta testa mundos virtuais fechados 

The Big Ones destaca semanalmente as inovações e movimentos estratégicos das empresas que lideram a nova economia.

“Mercados em Ação”. “Governos como o português tomam medidas que perpetuam a inflação”

Henrique Tomé, analista do XTB, analisou no programa da plataforma multimédia JE TV, o efeito da implementação de pacotes de estímulos às famílias por parte de Governos como o português num contexto de subidas de taxas de juro por parte do BCE e dos outros bancos centrais.

JE Bom Dia: Gomes Cravinho no Parlamento enquanto Disney apresenta resultados

Esta quarta-feira , o ministro João Gomes Cravinho vai ser ouvido no Parlamento sobre as obras do Hospital Militar de Belém. Em paralelo, o INE vai revelar como está a evoluir o mercado de trabalho nacional.
Comentários