Pacote de estímulos leva Wall Street a resistir à subida do desemprego nos EUA

Congresso norte-americano próximo de um acordo sobre novo pacote de estímulos que deverá incluir transferência direta de dinheiro para os cidadãos. Novos pedidos de desemprego na última semana ultrapassaram expectativas dos economistas.

Andrew Kelly/Reuters

A bolsa de Nova Iorque iniciou a negociação desta quinta-feira em alta na sequência dos avanços das negociações sobre um novo pacote de estímulos económicos nos Estados Unidos, numa altura em que o número pedidos de subsídio de desemprego ultrapassou as expectativas dos economistas.

A imprensa internacional deu conta que, na quarta-feira, o Congresso está próximo de aprovar um pacote de estímulos económicos no valor de cerca de 900 mil milhões de dólares, o que inclui transferências diretas de dinheiro para os cidadãos norte-americanos entre 600 e 700 dólares, o que está a impulsionar o sentimento do mercado.

Logo após o início da sessão em Nova Iorque, o industrial Dow Jones valorizava 0,49%, para 30.301,59 pontos; o S&P 500 avançava 0,56%, para 3.721,80 pontos; e o tecnológico Nasdaq ganhava 0,58%, para 12.731,22 pontos.

Esta quinta-feira, foram revelados os novos pedidos de subsídio de desemprego na última semana nos Estados Unidos, que totalizaram 885 mil, acima das expectativas dos economistas, que apontavam para 800 mil. Trata-se do número mais elevado de pedidos de desemprego desde o início de setembro.

As vendas a retalho caíram 1,1% em novembro, a primeira queda em seis meses. Em conjunto, estes dois indicadores sinalizam um arrefecimento da da economia norte-americana, que continua a sentir o impacto do aumento de novos casos de Covid-19.

Nas matérias-primas, o preço do petróleo está a valorizar. Em Londres, o barril de Brent avança 0,70%, para 51,44 dólares e, em Nova Iorque, o WI ganha 0,98%, para 48,29 dólares.

Relacionadas

Wall Street fecha mista após decisão da Fed

A Reserva Federal norte-americana manteve inalterada a taxa de juro diretora e o programa de compra de ativos.

EDPs dão energia ao PSI-20. Europa acompanha em alta

O PSI-20 negoceia no ‘verde’ — 0,69% para 4.827,40 pontos — depois da EDP Renováveis ter superado, pela primeira vez, a marca dos 20 euros por ação. A companhia do grupo EDP, atingiu os 20,20 euros na sessão desta quinta-feira, com uma subida de 2,12%.
Recomendadas

Wall Street abre a negociar no ‘verde’. Nasdaq que soma mais de 1,50%

A bolsa de Nova Iorque abre em “sintonia com o sentimento positivo nas congéneres europeias” fruto “da leitura preliminar das encomendas de bens duradouros”.

Bolsa de Lisboa segue sessão no ‘verde’ com apenas duas cotadas em terreno negativo

As principais bolsas europeias estão em terreno misto, com o DAX (Alemanha) a valorizar 0,79%, o CAC 40 (França) a ganhar 0,76% e o IBEX 35 (Espanha) a crescer 0,22%, enquanto o FTSE 100 (Reino Unido) desvaloriza 0,10%.

Bolsa de Lisboa abre em alta numa manhã positiva para os mercados europeus

O PSI iniciou a sessão desta terça-feira em terreno positivo, estando a ganhar 1,29% para 5.485,53 pontos numa manhã serena para a generalidade das praças europeias. A Greenvolt e a Altri estão em destaque esta manhã ao valorizarem, respetivamente, 1,77% para 8,61 euros e 2,42% para 5,12 euros. Ainda no mercado energético, a Energias de […]
Comentários