Pagamentos com cartão de crédito ou débito crescem na Madeira

O pagamento por cartão de débito ou crédito chega a atingir os 64,4%, enquanto que a opção em numerário tem estado em quebra na Madeira.

Os pagamentos com cartão de crédito ou débito estão a crescer na Madeira, de acordo com a Direção Regional de Estatística (DREM), nas unidades comerciais de dimensão relevante.

Em 2017 o recurso a este tipo de pagamento fixou-se em 54,9%, uma subida face aos 53,3% do ano anterior. Este crescimento verificou-se no comércio a retalho alimentar que passou dos 49,6% para os 51%.

No comércio a retalho não alimentar verificou-se também uma subida dos 62,5% para os 64,4%.

O pagamento em numerário tem vindo a registar quebras. Nas superfícies comerciais de dimensão relevante caiu dos 44,8% para os 43,3%, enquanto que no comércio a retalho alimentar desceu dos 49,3% para os 47,9%.

No comércio a retalho não alimentar a tendência foi de descida dos 33,3% para os 31,8%.

Recomendadas

PremiumComo criar música com uma tela de pintura

A artista italiana Francesca Bringandí vive da sinestesia entre música e pintura. De 23 a 30 de outubro terá o seu trabalho exibido na Galeria Salita e, no dia da estreia, irá ainda produzir duas novas pinturas criadas ao som da música.

Madeira: Iniciativa Liberal acusa Miguel Albuquerque de tomar decisões que favorecem o “mundo mediático” sobre a realidade

O partido considera que esta é uma estratégia que não leva ao desenvolvimento nem à criação de riqueza e que o presidente do executivo madeirense “vive acobertado pelo imediato absoluto”.

PremiumSotheby’s espera crescer na casa dos dois dígitos na Madeira em 2023

Em 2023 a previsão é de um aumento no investimento no imobiliário na região. A empresa deve fechar 2022 com o melhor desempenho de sempre desde que está na Madeira.
Comentários