Pai coloca filha a assentar tijolo depois de dizer que queria abandonar a escola para ser ‘tiktoker’

A situação ficou registada num vídeo que se tornou viral nas redes sociais.

São cada vez mais os jovens que querem deixar os estudos para se dedicarem a fazer vídeos para as redes sociais e tornarem-se ‘tiktokers’, ‘youtubers’ ou ‘influencers’.

A promessa de dinheiro fácil e de fama instantânea ilude muitas crianças e um pai tentou dar uma lição à sua filha para saber o que custa a vida.

É o caso desta menina, que informou o pai da sua intenção de abandonar a escola para se dedicar aos vídeos na plataforma Tiktok. O homem não só não a deixou, como procurou transmitir-lhe uma lição, levando-a ao local onde trabalha.

“[A escola] não serve para nada. Posso ganhar muito mais dinheiro a fazer Tiktoks”, é possível ouvi-la dizer no vídeo divulgado pelo jornal catalão “La Vanguardia”.

O progenitor pede-lhe que levante um saco com tijolo, que a jovem não consegue tirar do chão, e prossegue com uma lição.

“Sabes porque não o consegues levantar? Porque não foste feita para estas coisas. Foste criada “, garante.

“O mundo real é duro, Estrella [nome da menina], no mundo real tens que transpirar para ganhar dinheiro. É isso ou andar a pedir esmola”, explica-lhe, tentando fazê-la ver a importância de prosseguir os estudos.

O vídeo tornou-se viral, com milhões de visitas e centenas de comentários, cujas opiniões se dividem entre elogiar ou criticar a ação deste pai.

Recomendadas

Avalanche em Itália mata pelo menos sete pessoas. Draghi culpa as alterações climáticas

A região tem registado temperaturas excecionalmente altas nos últimos dias. “O calor é incomum”, disse o porta-voz do serviço de resgate, Walter Milan, observando que os termómetros atingiram 10°C no pico da montanha nos últimos dias.

Ucrânia precisa de 750 mil milhões de dólares para plano de recuperação

“Hoje, as perdas diretas de infraestrutura da Ucrânia chegam a mais de cem mil milhões de dólares. Quem vai pagar pelo plano de renovação, que já está a ser avaliado em 750 mil milhões?”, questionou o primeiro-ministro do país, Denys Shmygal.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 4 de julho

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira.
Comentários