Palacete no centro de Lisboa à venda por 18 milhões de euros

O palacete de estilo império, neoclassicista e mesmo ao género de Luis XVI possui pinturas e vitrais de artistas de renome. Conheça ao detalhe o palacete Leitão.

O Palacete Leitão na Rua Marquês da Fronteira, construído em 1904, está à venda por 18 milhões de euros.

Uma obra do arquiteto Nicola Bigaglia localizada numa zona privilegiada da cidade, com 10 divisões, seis casas de banho e um grande parque gradeado, totalizando 7.200 m2 de área.

O palacete de estilo império e neoclassicista possui pinturas e vitrais de artistas de renome.

A casa do antigo “Joalheiro da Coroa”, João Pinto Leitão, já foi sede de uma organização sindical e, mais recentemente, cenário para eventos.

Recomendadas

Marques Mendes: “Costa Silva recupera autoridade ou sai. O país precisa de um ministro da Economia forte”

“De um Governo com maioria absoluta, à partida um Governo forte, esperava-se unidade, coesão, determinação, energia, mobilização, espírito reformista. O que encontrámos? Exatamente o contrário”, disse este domingo o comentador da SIC.

Moçambique baixa receitas fiscais do gás ao fundo soberano para 40%

Moçambique deverá ser um dos maiores exportadores mundiais de gás a partir de 2024, beneficiando não só do aumento dos preços, no seguimento da invasão da Ucrânia pela Rússia, mas também pela transição energética.

PCP defende aumento do salário mínimo nacional para 850 euros em janeiro

O secretário-geral do PCP acusou o Governo de querer “retomar todos os caminhos da política de direita, fazer comprimir ainda mais os salários, facilitar a exploração, abrir espaço para os negócios privados na saúde e na educação, condicionando ou justificando as suas opções com as orientações e imposições da União Europeia e do euro”.
Comentários