Panidor cresce quase 30% e termina o ano com 45 milhões de faturação

A empresa de Leiria cresceu 28,5% em 2021 relativamente ao ano anterior, o que se deveu principalmente à penetração em novos mercados internacionais (Europa, Ásia e América do Sul) – 30% da produção destina-se à exportação.

A Panidor, uma empresa portuguesa sediada em Leiria, produtora de padaria e pastelaria ultracongelada líder em Portugal, terminou o ano passado com um volume de negócios de 45 milhões de euros, depois de ter crescido quase 30% só em 2021.

A empresa de Leiria cresceu 28,5% em 2021 relativamente ao ano anterior, o que se deveu principalmente à penetração em novos mercados internacionais (Europa, Ásia e América do Sul) – 30% da produção destina-se à exportação.

A Panidor diz que espera agora apostar nos mercados já existentes, crescendo em vendas e em número de clientes.

A aposta para o ano de 2022 passa ainda por um aumento de 30% no número de colaboradores que, neste momento, se fixa nos 245.

Em comunicado, a empresa fala ainda de um investimento em I&D (investigação e desenvolvimento) de um milhão de euros. “A maior padaria de Portugal continua a sua trajetória ascendente, através das mais 3.600 empresas clientes”, refere a empresa.

“Depois de quase dois anos de pandemia, com os sucessivos confinamentos, os hábitos de compra de pão e pastelaria dos portugueses alteraram-se, tendo o congelado vindo a ganhar cada vez mais espaço. No final de 2021, a Panidor já marcava presença em 200 mil lares portugueses e só num ano criou mais de 170 novos produtos”, anunciam.

“O ano de 2021 foi uma prova de enorme resiliência para a Panidor, que mostrou ser altamente inovadora nos produtos que apresenta ao mercado nacional e internacional. Estivemos na Exposição Internacional do Dubai a mostrar a melhor padaria e pastelaria de Portugal, levando produtos bandeira a conquistar novos cantos do mundo”, refere Marta Casimiro, Administradora da Panidor.

No mercado doméstico, reforçamos ainda o posicionamento do ultracongelado ser o novo fresco, com os produtos de padaria e pastelaria a serem vendidos diretamente aos consumidores ainda ultracongelado, podendo ser terminado em casa. Hoje, ter pão quente em casa, acabado de fazer, está à distância de um forno doméstico”, refere ainda Marta Casimiro.

“Recorde-se que a empresa tem mais de 300 referências ativas de pão e ainda pastelaria variada, produzindo mais de 700 mil de pastéis de nata por dia”, conclui a empresa.

A Panidor é uma empresa de padaria e pastelaria ultracongelada sediada em Leiria, com mais de 25 anos de história e que está presente em mais de 25 países. Foi fundada por um padeiro que transformou a empresa no que é hoje.

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários