Papa Francisco vai dedicar o próximo ano à família

O Sumo Pontífice convidou todos os católicos “a unirem-se às iniciativas que serão promovidas durante o ano e que serão coordenadas pelo Dicastério para os Leigos, Família e Vida”.

O Papa Francisco decidiu dedicar um ano especial à família, que começará em 19 de março e terminará com o Encontro Mundial das Famílias, em junho de 2022, em Roma.

Nas mensagens antes da oração do Angelus, divulgadas na biblioteca e sem a habitual presença do Papa na varanda virada para a Praça de São Pedro, já que Itália está confinada devido à covid-19, Francisco explicou que o próximo ano será dedicado à família e acontece por ocasião do quinto aniversário da exortação apostólica “Amoris laetitia”, publicação após o sínodo dedicado ao tema.

“Este ano especial será uma oportunidade para aprofundar os conteúdos do documento ‘Amoris laetitia’, através das propostas e instrumentos pastorais, que estarão à disposição das comunidades eclesiais e das famílias, para acompanhá-las em seu caminho”, acrescentou o Papa.

Francisco convidou todos os católicos “a unirem-se às iniciativas que serão promovidas durante o ano e que serão coordenadas pelo Dicastério para os Leigos, Família e Vida”.

“Que a Virgem Maria, a quem agora nos dirigimos com a oração do Angelus, faça com que as famílias de todo o mundo se sintam cada vez mais fascinadas pelo ideal evangélico da Sagrada Família, para que se tornem fermento da nova humanidade e de uma solidariedade concreta e universal”, concluiu.

Relacionadas

Papa insiste na “necessidade de fraternidade” e pede vacina para todos

“Que a eterna Palavra do Pai seja uma fonte de esperança para o continente americano, particularmente afetado pelo coronavírus, que tem agravado os inúmeros sofrimentos que o oprimem, muitas vezes agravados pelas consequências da corrupção e do narcotráfico”, afirmou o Sumo Pontífice.
Recomendadas

Dia Mundial do Professor. Marcelo felicita docentes pela “competência, dedicação e entusiasmo”

Numa nota publicada na página da Presidência da República na internet, é recordado que hoje se assinala o Dia Mundial do Professor, instituído pela UNESCO para “evidenciar o papel dos professores, absolutamente essencial para o sucesso das novas gerações e no desenvolvimento das sociedades”.

5 de outubro: Marcelo pede que se faça avançar democracia com “caminho para todos”

Num discurso de onze minutos, na cerimónia comemorativa dos 112 anos da Implantação da República, na Praça do Município, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa falou dos governos que “tendem quase sempre a ver-se como eternos” e das oposições “quase sempre a exasperarem-se pela espera”, afirmando em seguida que “nada é eterno” e que “a democracia é por natureza o domínio da alternativa, própria ou alheia”.

Cleanwatts vai criar uma Comunidade de Energia Renovável em Braga

“Vamos instalar uma Central Fotovoltaica de 1,2 MWp (megawatts-pico), com mais de 2.100 painéis solares, nos telhados da Arquidiocese de Braga, que será integrada numa Comunidade de Energia Renovável”, explica Basílio Simões, fundador e presidente da Cleanwatts.
Comentários