Para garantir urgências no Natal hospitais vão poder pagar mais a médicos

O Ministério da Saúde, contudo, não revelou quais os hospitais autorizados a contratar médicos tarefeiros, nem foram anunciados os valores remuneratórios por hora autorizados.

Os hospitais vão poder contratar médicos prestadores de serviço, vulgo tarefeiros, por valores superiores aos de referência durante o Natal e o Ano Novo, de acordo com o “Público” deste sábado.

De acordo com a Federação Nacional dos Médicos, o Ministério da Saúde voltou a abrir uma exceção para não prejudicar os serviços das urgências dos hospitais durante a época natalícia.

“Foram pontualmente ultrapassados os valores de referência na contratação de prestação de serviços médicos, excecionalmente e considerando as necessidades assistenciais identificadas em alguns serviços de urgência neste período do ano”, confirmou o gabinete da ministra da Saúde, Marta Temido, citado pelo matutino.

Contudo, não foi revelado quais os hospitais a contratar nem foram anunciados os valores autorizados. Mas o “Público” avançou que, pelo menos, as duas maternidades de Lisboa receberam autorização para contratar médicos tarefeiros para a urgência a 40 euros por hora durante a quadra festiva.

Os valores de referência praticados estabelecem 22 euros por hora para médicos não especialistas e de 26 euros para médicos especialistas. O valor de referência pode chegar aos 29 euros no caso de hospitais e especialidades carenciadas.

Estes valores, contudo, podem ser superados – pela lei -, que o permite quando a prestação de cuidados “imprescindíveis e inadiáveis” está em causa.

 

Recomendadas

Madeira: Direção Regional da Saúde deixa várias sugestões para evitar doenças cardiovasculares

A Direção Regional de Saúde (DRS) salienta que as doenças cardiovasculares são a principal causa de mortalidade, no mundo, em Portugal e na Madeira. “A evidência científica demonstra que mudanças nos estilos de vida podem fazer a diferença na redução desta mortalidade”, diz a DRS.

Saúde em debate na primeira conferência do PROJETOR 2030

Arranca esta quarta-feira o ciclo de conferências PROJETOR 2030, promovido pela Associação Comercial do Porto e que conta com o Jornal Económico como media partner. Na sessão de abertura, a saúde estará no centro do debate e os oradores serão convidados a responder à questão “O cidadão está no centro do sistema?”.

Alliance Healthcare tem um novo CEO

Paulo Clímaco Lilaia é o novo CEO da Alliance Healthcare, anunciou a empresa que  armazena e distribui produtos farmacêuticos, em comunicado.
Comentários