PremiumParlamento envia Orçamento do Estado para Belém

Duas semanas e meia após a votação final global, os deputados acertaram a redação final do Orçamento do Estado, que segue agora para Belém. Marcelo Rebelo de Sousa já sinalizou que irá promulgar o diploma, considerando que optar pelo veto teria um “custo enorme”.

Os deputados já fixaram a redação final do Orçamento do Estado para 2022, documento que seguirá agora para Belém.

Uma vez que está em causa uma lei da Assembleia da República, o chefe de Estado terá até 20 dias para decidir pela promulgação ou pelo veto, sendo que Marcelo Rebelo de Sousa já deu a entender que irá dar “luz verde”, na medida em que a devolução do diploma ao Parlamento teria um “custo enorme” para o país.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

“Não me choca que haja ajustamentos salariais que acompanhem a inflação”, diz Teixeira dos Santos

Na atual conjuntura, Teixeira dos Santos diz o Estado não pode corrigir o comportamento dos mercados. Sobre os salários, diz que não vê perigo em eventuais ajustamentos em linha com a inflação.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

NATO. Stoltenberg responsabiliza Putin pela crise alimentar global

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, responsabilizou esta quinta-feira a Rússia pela crise alimentar global por ter invadido a Ucrânia e assegurou o empenho dos aliados em encontrar soluções para retomar a exportação de cereais ucranianos.
Comentários