Pastores do céu: Drones estão a ser usados para vigiar rebanhos

A tecnologia já está a ser usada por pastores na Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido.

Apesar da pastorícia ser uma atividade milenar, agora está a ser desenvolvida com o uso de tecnologia de ponta. A mais recente atualização prende-se com o uso de drones que ajudam os pastores e os respetivos cães a reunir e vigiar os seus rebanhos, segundo o The Guardian.

A tendência chega da Austrália e vizinha Nova Zelândia onde a expressão “selvagem” descreve com precisão os terrenos utilizados pelos pastores para criarem o seu gado.

A descoberta de que os drones poderiam ser utilizados para ajudar a reunir o gado aconteceu depois de Corey Lambeth, agricultor neozelandês, ter adquirido um dos objetos voadores para tirar fotografias ao seu rebanho. Ao tirar as fotografias reparou que o gado reagia aos movimentos do drone o que o levou a pensar se seria possivel “comandar” o gado através deste dispositivo, e a conclusão foi que, de facto, podia.

Depois da descoberta, esta adaptação espalhou-se rapidamente até aos vizinhos australianos que trataram de combinar a tecnologia com a metodologia existente, ou seja, combinando cães e drones. Inicialmente os cães estranharam, mas rapidamente se habituarem por perceberem que estes “amigos do ar” facilitavam a sua tarefa.

Apesar da descoberta, o gado rapidamente se habituou ao drone e, como consequência, deixou de reagir, obrigando alguns agricultores a inovar. Desta a vez a solução passou por equipar colunas no drone que transmitissem sons de cães a ladrar, algo que funcionou na perfeição e que se mantém até aos dias de hoje como a “solução”.

A utilização da tecnologia em atividades ancestrais parece já ser uma constante, neste caso específico não só facilita a vida aos pastores/agricultores, como também melhora a vida dos próprios animais. Segundo Wojtek Behnke, agricultor inglês que pegou nos exemplos dos seus colegas da Oceânia, começou a fazer o mesmo no Reino Unido, uma das conclusões a que chegou foi que as suas ovelhas pareciam mais felizes por não terem cães constantemente a ladrar para elas, reduzindo substancialmente o seu nível de stress, segundo o The Guardian.

Os avanços tecnológicos vão afetando a maneira como funciona a sociedade e é mais que natural que a tecnologia comece a ter um papel preponderante em atividades rurais, talvez mais ainda, do que nos ambientes urbanos.

Recomendadas

Imigrantes do Bangladesh denunciam extorsão para obter vistos para Portugal

Imigrantes do Bangladesh denunciaram que são forçados a comprarem “por debaixo da mesa” vagas para serem atendidos na empresa que prepara os pedidos de vistos para Portugal.

Comissão Independente vai apresentar relatório sobre abusos na Igreja em fevereiro

O relatório da Comissão Independente para o Estudo de Abusos Sexuais de Crianças na Igreja Católica Portuguesa vai ser apresentado no próximo dia 16 de fevereiro, às 10h00, em Lisboa, adiantou o coordenador Pedro Strecht.

Greve nos consulados, embaixadas, missões diplomáticas e centros culturais de Portugal no estrangeiro

O Sindicato fala de “empobrecimento”, acusa o Governo de não ter dado até agora quaisquer garantias, o que não deixa alternativa a não ser a greve, que tem início dia já na próxima segunda-feira, 5 de dezembro.
Comentários