Paulo Macedo diz ser “normal” que depósitos venham a ser remunerados

O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos (CGD), Paulo Macedo, disse hoje ser expectável que os depósitos venham a ser remunerados, refletindo a subida das taxas de juro do Banco Central Europeu, mas tendo em conta os custos.

Cristina Bernardo

Paulo Macedo falava hoje durante a apresentação dos resultados semestrais do banco público, que apresentou lucros de 486 milhões de euros nos primeiros seis meses do ano, uma subida de 65% face a igual período do ano passado.

Questionado sobre o impacto da subida das taxas de juro na remuneração dos depósitos, o gestor afirmou ser “normal” que os depósitos venham a ser remunerados, de acordo com as regras do mercado e fazendo face ao custo que os depósitos têm associados.

Paulo Macedo recordou que os depósitos têm associado o custo do serviço prestado, o custo que até agora era pago ao BCE e o custo dos impostos.

“Os depósitos quando o Banco Central Europeu (BCE), passar a cobrar zero continuam a ter um custo para a banca, através dos impostos extraordinários e das contribuições, designadamente quer para o Fundo de Garantia, quer para o Fundo de Resolução”, disse.

Paulo Macedo disse ainda esperar que as comissões venham a subir, “sobretudo, como aconteceu pelo crescimento da atividade”, sublinhando que “estão a subir em todos os bancos por via do aumento do consumo”.

“Entendemos que as comissões tiveram um papel importante quer em termos de aproximação daquilo que deve ser a cobrança face aos outros bancos e numa concorrência”, disse, acrescentando que estas “têm de fazer face aos custos com pessoal, aos custos com estrutura, à própria inflação, que também atinge a banca”.

Relacionadas

Caixa fecha venda da Esegur e conta relançar alienação de Cabo Verde

Paulo Macedo, CEO da Caixa Geral de Depósitos, diz que o banco fechou a venda da Esegur esta semana. Uma operação que teve um impacto marginal, mas positivo no capital da Caixa, disse o banqueiro.

CGD diz que custos regulamentares subiram 25% para 80,5 milhões

Paulo Macedo, CEO da CGD, questionado na conferência de imprensa de apresentação dos resultados semestrais sobre o imposto extraordinário criado em Espanha sobre a margem e comissões dos bancos, lembrou que em Portugal os bancos pagaram contribuições extraordinárias mesmo quando tiveram prejuízos.
Recomendadas

CaixaBank recomprou quase 18 milhões de ações na semana passada (com áudio)

O CaixaBank anunciou hoje a compra de 17.947.222 ações próprias, por 53.063.926 milhões de euros entre 1 e 5 de agosto.

Mutualista Montepio com lucros de 12,9 milhões de euros no primeiro semestre

A Associação Mutualista Montepio Geral (AMMG) registou um lucro de 12,9 milhões de euros no primeiro semestre, superando os 11,9 obtidos em igual período do ano passado.

PremiumAplicação moey! vai apostar em seguros para animais e ciclistas

Depois de ter lançado um seguro de viagens, a solução ‘mobile-only’ do Grupo Crédito Agrícola prepara o lançamento de apólices para animais de estimação e ciclistas até ao final deste ano.
Comentários