PremiumPeça de teatro YOLO realça impotência dos jovens em se emanciparem

A peça de teatro, da criação de Sara Inês Gigante, aborda as dificuldades económicas que impedem os jovens de comprar casa própria. YOLO estará no Teatro Baltazar Dias entre 6 a 9 de junho.

É cada vez mais difícil os jovens portugueses comprarem casa e Sara Inês Gigante, de 27 anos, não está alheia a este problema.

“Decidi fazer este espetáculo depois de um telefonema com a minha mãe. Falava com ela sobre a minha impotência. Mais concretamente, falámos uma hora sobre formas de eu poder ter uma casa própria”, começa por referir a sinopse da peça YOLO, criada por Sara Inês Gigante. Ao Económico Madeira, a atriz partilha que a peça “parte de uma inquietação pessoal, na medida em que pertencendo a uma geração que vive determinadas dificuldades, e estando numa fase da minha vida em que me confronto com determinados problemas característicos desta geração, encontrei aqui uma vontade de trabalhar artisticamente sobre esta impotência que abrange uma grande parte de jovens da minha idade”.

 

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor. Edição do Económico Madeira de 1 de julho.

Recomendadas

PremiumManobras militares chinesas terminaram, tensão mantém-se

Depois de uma semana com os maiores exercícios militares feitos ao largo de Taiwan, a China mantém a pressão com promessas de patrulhar a região, para evitar veleidades independentistas, e com sanções económicas.

PremiumIL quer avaliar e premiar o mérito na Função Pública

Cotrim de Figueiredo dá o pontapé de saída nos eventos da rentrée política elegendo como prioridade a Administração Pública. Quase todos os partidos vão abordar a degradação dos serviços públicos. PS só regressa em setembro.

PremiumInflação nacional em novo máximo, enquanto abranda nos EUA e Alemanha

A média dos últimos onze meses, sem a parte habitacional, ultrapassa já os 5% e agosto dificilmente contraria esta tendência.
Comentários